Brasil

Câncer de Bruno Covas ganhou terreno, dizem médicos do prefeito de SP

Mas o novo nódulo encontrado no fígado do prefeito é considerado menor que o anterior

Escrito por FolhaPress

18 FEV 2021 - 13H38 (Atualizada em 18 FEV 2021 - 16H01)

Reprodução Bruno Covas (Reprodução)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A equipe médica do prefeito Bruno Covas (PSDB) afirmou nesta quinta-feira (18) que exames sugerem que o câncer no sistema digestivo que ele trata desde 2019 "ganhou terreno", mas que o novo nódulo encontrado no fígado do prefeito é menor do que o encontrado há quase dois anos.

Covas, 40, recebeu diagnóstico de um novo nódulo no fígado e voltou a fazer quimioterapia. Ele havia acabado de encerrar uma série de sessões de radioterapia e seu tratamento principal, até então, era a imunoterapia.

"Observou-se o surgimento de um pequeno nódulo hepático, o que nos sugere que a doença tenha conseguido ganhar terreno apesar da imunoterapia", afirmou o oncologista Artur Katz.

Segundo a equipe do prefeito, o nódulo encontrado tem poucos milímetros, bem menor do que o primeiro encontrado no órgão em 2019, de 2 centímetros. O câncer do prefeito originou-se na cárdia, uma válvula no trato digestivo, e depois afetou também o fígado.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por FolhaPress, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.