Brasil

Retomada da economia passa pela vacinação em massa, afirma ministro da Saúde

Marcelo Queiroga afirmou que a imunização ampla é imprescindível

Escrito por Agência Brasil

13 SET 2021 - 21H53

Walterson Rosa / MS Marcelo Queiroga (Walterson Rosa / MS)

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que vacinação, capacidade de detecção de variantes, higiene e saúde pública são “imprescindíveis” para a retomada da economia global em tempos de pandemia. A afirmação foi feita nesta segunda-feira (13) durante seminário promovido pela Abrafarma (Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias).

“Todos sabemos que a contenção da pandemia, por meio da vacinação em massa, da vigilância ativa para detectar rapidamente possíveis novas variantes, e das medidas de higiene e saúde pública, é imprescindível para a retomada da economia global”, disse Queiroga.

O ministro reiterou os elogios ao SUS (Sistema Único de Saúde), ressaltando sua relevância para o combate à pandemia e os reflexos das ações na economia do país, em meio a uma crise sanitária. Destacou também a contribuição e o papel estratégico do setor de saúde para a economia.

“O setor da saúde também tem importância econômica estratégica, com crescente participação na composição do valor adicionado total da economia brasileira (7,6%), na geração de renda (9,6%) e no número total de empregos (7,1%), com um crescimento no número de postos de trabalho maior que o observado para a média da economia”, argumentou.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Agência Brasil, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.