Por Conteúdo Estadão Em Brasil

Rio vai desapropriar Bar do Luiz para evitar despejo

A prefeitura do Rio vai desapropriar o Bar Luiz, um dos mais tradicionais do Rio, fundado em 1887, como forma de evitar seu despejo. O bar fica num imóvel que em 2012 foi comprado pelo Opportunity (Fundo de Investimento Imobiliário), assim como outros 17 sobrados da Rua da Carioca, no centro. Todos tiveram os aluguéis reajustados para valores muito altos - no caso do Bar Luiz, passou de R$ 16 mil para R$ 30 mil. A proprietária, Rosana Santos, foi notificada de que teria de pagar o novo valor em até quinze dias, caso contrário, teria de desocupar o prédio. Nesta sexta-feira, 28, ela não foi encontrada para comentar a notícia.

Na semana passada, a loja de instrumentos musicais A Guitarra de Prata, que funcionava havia 127 anos na rua, foi despejada. Os donos não aceitaram o novo valor cobrado, de R$ 15 mil, o dobro do aluguel anterior. A Guitarra teve como clientes músicos que fizeram a história da MPB, como Noel Rosa, Pixinguinha, Dorival Caymmi e Paulinho da Viola, e foi pioneira na venda de gramofones no Rio. Dias depois do fechamento, outra loja de instrumentos, a vizinha Acústica Perfeita, também encerrou suas atividades.

Em 2013, a prefeitura já havia tombado nove imóveis da rua, entre eles os que abrigam o Bar Luiz e A Guitarra de Prata, incluindo-os no Sítio Cultural da Rua da Carioca. A ideia era preservar o comércio tradicional dali e impedir modificações na arquitetura dos prédios sem aprovação prévia dos órgãos de patrimônio. Em nota, a prefeitura do Rio afirmou que "decidiu desapropriar o imóvel (...) e vai cobrar um aluguel com valor razoável que permita à família manter aberta e funcionando esta que é uma verdadeira instituição carioca". O texto não se manifesta sobre as duas lojas despejadas na semana passada.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.