Por Conteúdo Estadão Em Mundo

Biden ainda não conversou com Bolsonaro devido a 'agenda cheia', diz conselheiro

O conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Jake Sullivan, afirmou nesta segunda-feira que o chefe da Casa Branca, Joe Biden, ainda não conversou com o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, após assumir o cargo em Washington devido a sua agenda "inacreditavelmente lotada".

"Há vários líderes com quem o presidente ainda não teve a oportunidade de falar. Uma das razões é que ele tem uma agenda inacreditavelmente cheia", declarou o assessor durante uma coletiva de imprensa da Casa Branca.

Ele citou o foco de Biden em combater a pandemia de covid-19 e recuperar a atividade econômica dos EUA.

Sullivan disse, contudo, que Biden está "ansioso" para entrar em contato com líderes de países "significativos" nas próximas semanas e meses.

Ao ser questionado sobre a visita de uma delegação do governo brasileiro a Washington nesta semana, o conselheiro de Segurança Nacional afirmou que deixará claro para as autoridades do País qual é visão dos EUA sobre a tecnologia 5G.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.