Por Conteúdo Estadão Em Mundo

Pfizer confirma que EUA vão comprar 500 milhões de doses de vacinas para doação

A Pfizer confirmou nesta madrugada de quinta-feira (10) que os Estados Unidos vão comprar 500 milhões de doses da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica em parceria com a BioNTech para doação a outros países. A informação foi adiantada ontem pela imprensa americana e deve ser confirmada ainda hoje pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em discurso antes do início da cúpula do G7.

De acordo com o comunicado publicado pela Pfizer, essas vacinas serão vendidas a preço de custo, sendo 200 milhões de doses entregues a partir de agosto de 2021 e 300 milhões no primeiro semestre de 2022. Os EUA devem distribuí-las ao mundo por meio do mecanismo Covax Facility, consórcio criado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para diminuir a desigualdade no acesso a imunizantes contra o novo coronavírus.

"Nossa parceria com o governo dos EUA ajudará a levar centenas de milhões de doses de nossa vacina aos países mais pobres do mundo o mais rápido possível", diz o CEO da Pfizer, Albert Bourla, na nota. "A covid-10 impactou a todos, em todos os lugares, e para vencer a batalha contra esta pandemia, devemos garantir o acesso rápido às vacinas para todos", acrescenta.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.