Depois de rodar pelo vôlei nacional, o oposto Lorena reforça o Taubaté, na Superliga deste ano. Em passagem por sua cidade natal, o jogador anunciou o lançamento do projeto social Ataca Lorena. “É um sonho que estou realizando, pois carrego a cidade no meu nome. Já tive o prazer de jogar no Brasil e no vôlei europeu, mas o grande sonho da minha vida é esse, colocar em prática o projeto”, afirmou o atleta em entrevista à rádio Inova FM.

Fabricio "Lorena" Dias estudou dos sete aos 15 anos na Escola Municipal Conde Moreira Lima, em Lorena. Depois desse período, o oposto seguiu para a capital paulista. Conhecendo a realidade do ensino público na cidade, ele carregava esse sonho há alguns anos e só em 2014 teve a chance de colocá-lo em prática.

A intenção do projeto é levar às crianças a experiência vivida por Fabricio, dentro e fora das quadras, além de revelar que é possível realizar seus sonhos. “Eu queria passar um pouco do aprendizado da minha vida para essas crianças, que por muitas vezes não acreditam nos seus sonhos. Hoje esse sonho está sendo realizado, pois vamos poder começar a trabalhar esse projeto com as crianças da rede pública. E a união entre esporte e educação só agrega no aprendizado”.

Lorena ainda explicou que por muitas vezes, a falta de incentivo dentro de casa limita as crianças, e revelou que se as crianças participantes do projeto não tirarem boas notas nas escolas, não irão participar. “A rede pública, os jovens, não tem muito apoio, pois não tem expectativa de vida. Às vezes, dentro de casa, eles não tem esse apoio e até as notas são baixas. Então eu vejo que através do esporte e da minha presença, a gente pode dar esse exemplo. Só que pra participar do projeto, tem que ter boas notas”, concluiu.