Por Conteúdo Estadão Em Noticias

IPC-S desacelera na 2ª quadrissemana de junho e sobe 0,72%, afirma FGV

O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) arrefeceu a 0,72% na segunda quadrissemana de junho, após 0,81% na primeira quadrissemana do mês. A informação foi divulgada nesta quarta-feira, 16, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O indicador acumula alta de 8,37% em 12 meses, menor do que o avanço de 8,47% no período até a primeira quadrissemana.

Passagem aérea (-8,71% para -8,74%), xampu, condicionador e creme (-3,30% para -3,48%) e banana-prata (-9,41% para -9,19%) foram os itens que mais contribuíram para o alívio no IPC-S da segunda quadrissemana de junho. Cebola (-5,58% para -9,16%) e perfume (-0,44% para -1,28%) completam a lista.

Na outra direção, gasolina (3,14% para 3,28%), tarifa de eletricidade residencial (5,34% para 4,10%) e etanol (10,94% para 11,70%) puxaram o indicador para cima, seguidos de condomínio residencial (2,26% para 1,91%) e plano e seguro de saúde (0,85% para 0,86%).

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Noticias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.