Por Conteúdo Estadão Em Noticias

Pacheco avalia que polarização é tendência em 2022

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), teve encontros com os ex-presidentes Michel Temer e Fernando Henrique Cardoso, na capital paulista, durante o último fim de semana. O senador é apontado como nome de "terceira via" para as eleições presidenciais de 2022, mas tem se colocado como aliado do presidente Jair Bolsonaro na agenda legislativa e evitado confrontos com o chefe do Planalto até o momento.

Em entrevista ao site Jota, Pacheco avaliou nesta segunda-feira (14) que a polarização política é uma tendência para o ano que vem. As últimas pesquisas de intenção de voto apontam para uma disputa concentrada entre Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Na opinião do presidente do Senado, a falta de diálogo "atrapalha" o Brasil. "Isso pode se refletir na eleição de 2022, há até uma tendência para que isso se repita", afirmou o senador. As conversas com Temer e FHC, de acordo com Pacheco, ocorreram na esteira de sua relação com ex-presidentes da República, na função de presidente do Senado.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Noticias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.