Por Conteúdo Estadão Em Noticias

Para Kassab, Covas foi 'irretocável' em sua administração e espera continuidade

O presidente do PSD, Gilberto Kassab, lamentou a morte do prefeito Bruno Covas. Em entrevista à CNN, Kassab classificou como "irretocável" a administração de Covas durante a pandemia, e disse esperar continuidade dos trabalhos de seu vice, Ricardo Nunes (MDB), que assume a prefeitura até o fim do mandato.

Relembrando do passado político de Covas, e da importância do sobrenome herdado de seu avô, o ex-governador Mário Covas, Kassab destacou a carreira de Bruno, que, segundo ele, "não teve timidez de tomar medidas duras" durante sua gestão, acrescentando estar muito triste pela morte do prefeito paulista.

Covas morreu na manhã deste domingo aos 41 anos. Ele lutava desde novembro de 2019 contra um câncer que, inicialmente, atingiu o trato digestivo. Nas últimas semanas, exames detectaram novos tumores no fígado, na estrutura da bacia e na coluna vertebral.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Noticias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.