Por Conteúdo Estadão Em Brasil & Mundo

Ex-editor da revista Placar, Milton Coelho da Graça morre vítima da covid-19

Jornalista e ex-editor da revista Placar, Milton Coelho da Graça é mais uma vítima da covid-19 no Brasil. Carioca com ascendência portuguesa e torcedor do Vasco, ele faleceu aos 90 anos de idade. A notícia foi divulgada na manhã deste sábado.

O comunicador começou sua trajetória profissional no Diário Carioca. Além do tradicional periódico esportivo, Milton também marcou presença em diversos e grandes veículos de comunicação. Dentre eles, foi editor-chefe do jornal O Globo, além de passagens pelo Última Hora, de Recife, Istoé, Quatro Rodas, e também foi correspondente internacional em Londres e Nova York.

Formado primeiramente em Economia e Direito, optou por seguir no Jornalismo, onde também contribuiu para a TV e a internet. Milton também integrou a Conselho da Associação Brasileira de Imprensa. Durante a Ditadura Militar no Brasil, entre os anos de 1964 a 1985, o jornalista foi preso e torturado, mas nunca desistiu de seus ideais políticos.

Ele deixa quatro filhos e cinco netos, além de sua esposa, Leda Ebert. A causa do óbito foram as complicações causadas pelo novo coronavírus. Seu corpo será cremado neste domingo, com presença restrita a família e amigos próximos.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Brasil & Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.