Por Conteúdo Estadão Em Brasil & Mundo

São Paulo revela pagamento da dívida pela compra de Tchê Tchê com Dínamo de Kiev

Com dívidas em torno de R$ 600 milhões, mas com um superávit de R$ 46 milhões no primeiro trimestre de 2021, o São Paulo aproveitou para liquidar a dívida de R$ 25 milhões com o Dínamo de Kiev, da Ucrânia, pela contratação do meio-campista Tchê Tchê, em abril de 2019.

O time do Morumbi divulgou uma nota na qual revela o pagamento da pendência e a retomada das relações de possíveis negócios com o clube ucraniano.

Após o início da gestão do presidente Julio Casares, em janeiro, o São Paulo conseguiu renegociar dívidas anteriores nas negociações feitas com as chegadas do goleiro Tiago Volpi (Querétaro) e o meia peruano Cueva (Krasnodar).

O São Paulo ainda resolveu a dívida de R$ 15 milhões com o Athletico-PR pela contratação do atacante Pablo, em dezembro 2018. O atleta é o artilheiro do time desde a chegada do técnico argentino Hernán Crespo no início do ano. Outro débito resolvido foi com o Orlando City, de R$ 4,5 milhões, pela contratação de Kaká em 2014.

Fora do futebol, a diretoria também fez um acordo com o técnico José Roberto Guimarães, que tinha o comando do projeto de vôlei do clube.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Brasil & Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.