Por Conteúdo Estadão Em Brasil & Mundo

Seleçao feminina massacra Canadá e se garante na semi do handebol no Pan

Considerada favorita a conquistar a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima, a seleção brasileira feminina de handebol vem cumprindo a sua tarefa. Nesta quinta-feira, conseguiu a classificação antecipada às semifinais ao massacrar o Canadá por 41 a 12.

A seleção feminina havia estreado no Grupo A com um triunfo por 29 a 20 sobre Cuba, na última quarta-feira. E agora voltou a triunfar, o que a fez passar antecipadamente de fase, sendo que fechará a sua participação nesta etapa do torneio no sábado, diante de Porto Rico, às 20 horas (de Brasília).

No Pan, a seleção brasileira joga em busca da ampliação da sua hegemonia, tanto que é a atual pentacampeã do torneio, não perdendo na competição desde 1995. E a confirmação do seu favoritismo, com a conquista da medalha de ouro, lhe renderá a classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Sabendo que a seleção não encontraria muitas dificuldades nesta quinta, o técnico espanhol Jorge Dueñas optou por rodar bastante o elenco. Assim, deu uma chance para a jovem goleira Renata Arruda, de 20 anos, além de ter deixado Doenise no banco de reservas durante todo o duelo - Duda Amorim também começou entre as suplentes, mas depois foi acionada.

Adriana de Castro brilhou com dez gols marcados pelo Brasil, que abriu vantagem confortável já no primeiro tempo, indo ao intervalo vencendo por 20 a 5. E o placar seria ampliado na etapa final, garantindo o fácil triunfo e a classificação às semifinais dos Jogos Pan-Americanos.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Brasil & Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...