Regional

São José tem pausa no Brasileirão feminino por causa de amistoso da Seleção olímpica

O time brasileiro fez 3 a 0 na Rússia contando com seis titulares joseenses na conquista do Mundial de 2014

Escrito por Jogando Juntos

11 JUN 2021 - 19H29

Richard Callis/SPP/CBF Águia 945 (Richard Callis/SPP/CBF)

O Brasileirão de futebol feminino tem uma pausa por conta dos amistoso da Seleção que disputará os Jogos Olímpicos. O São José voltará a campo somente no dia 19, recebendo a Ferroviária. Enquanto isso, seis grandes campeãs da história gloriosa do time continuam sendo importantes para o selecionado nacional.

Com a zagueira Bruna Benites, a meia-campista Formiga, a meia-atacante Andressa Alves, a atacante Debinha e as laterais Poliana e Letícia Santos, titulares do São José campeão do Mundial de Clubes de 2014, o Brasil venceu nesta sexta-feira.

Confira no material divulgado pela assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Triunfo verde e amarelo no penúltimo jogo preparatório para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020! Na tarde desta sexta-feira (11), a Seleção Feminina foi soberana no Estádio Cartagonova, na Espanha, dominou a Rússia do início ao fim e venceu por 3 a 0, com gols de Bruna Benites (2x) e Andressa Alves. Focadas nas Olimpíadas, as meninas do Brasil voltam a campo na segunda-feira (14), às 16h, contra o Canadá, em duelo que encerra o período de preparação das comandadas de Pia Sundhage.

O jogo

O Brasil teve amplo domínio na etapa inicial em Cartagena. Forte na marcação e com maior posse de bola, a Seleção Feminina desceu para o intervalo vencendo por 1 a 0 e sem sofrer perigo das adversárias. Explorando o lado direito da defesa russa com as investidas da lateral Tamires, Debinha, aos nove, e Bia Zaneratto, aos 11, quase abriram o placar no Estádio Cartagonova.

Muito à vontade em campo e trocando passes com facilidade, a Seleção conseguiu, aos poucos, abrir espaços na defesa da Rússia. Na marca dos 27, a goleira Grichenko evitou o que seria o primeiro gol do Brasil ao praticar três defesas consecutivas. A última, uma bomba de Rafaelle dentro da área.

Só que o gol verde e amarelo foi, de fato, questão de tempo. Aos 41 minutos, Andressinha cobrou escanteio pela esquerda, Ludmila desviou na primeira trave e Bruna Benites completou de cabeça para o fundo das redes.

A Canarinho seguiu com a mesma postura na etapa final. Logo aos sete, após bate rebate na área da Rússia, a bola sobrou para Debinha chutar de primeira e tirar tinta da trave. Dez minutos depois, Marta fez linda jogada individual, deixou duas marcadoras para trás e chutou também rente à trave.

Outra cabeçada

E a bola aérea brasileira mostrou-se novamente letal. Andressa Alves cobrou escanteio aos 18 minutos, Bruna Benites cabeceou no canto esquerdo para fazer o segundo dela e da Canarinho na partida.

Mesmo administrando o jogo de forma mais branda, as brasileiras queriam mais. Aos 35, Andressa Alves fez linda jogada individual pela esquerda, invadiu a área e cruzou rasteiro. A zaga cortou, mas Andressa Alves ficou com o rebote e mandou para o gol, fechando a conta na Espanha.

A Seleção jogou com: Bárbara; Letícia Santos (Poliana), Bruna Benites, Rafaelle e Tamires (Jucinara); Formiga (Júlia), Andressinha, Debinha e Marta (Andressa Alves); Ludmila (Giovanna) e Bia Zaneratto (Adriana).

Richard Callis/SPP/CBF
Richard Callis/SPP/CBF
Formiga, Bruna Benites e Debinha, as três primeiras da esquerda para a direita


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jogando Juntos, em Regional

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.