Regional

Taubaté visita a Portuguesa e quer embalar depois da conquista a primeira vitória

O time vem de um placar de 3 a 0 sobre o São Caetano e que valeu como reabilitação após derrotas iniciais

Escrito por Jogando Juntos

23 SET 2021 - 22H02 (Atualizada em 23 SET 2021 - 22H10)

Caíque Toledo/EC Taubaté Taubaté 954 (Caíque Toledo/EC Taubaté)

Fortalecido pela primeira vitória na Copa Paulista, depois de derrotas nas duas primeiras partidas, o Taubaté quer aproveitar o embalo e entrar de vez na disputa pela classificação. Nesta sexta-feira, às 15h, o desafio será a busca de três pontos contra a Portuguesa, no Canindé.

A fase inicial da Copa Paulista tem 17 times divididos em quatro regionalizados, sendo três de quatro e um de cinco, justamente o do Taubaté. Após turno e returno, os dois melhores de cada grupo avançarão ao mata-mata das quartas de final e os nove restantes sairão eliminados.

O Grupo 4 já teve três das cinco rodadas do primeiro turno com os seguintes resultados: Taubaté 1 x 2 Atibaia, Portuguesa 2 x 1 Juventus (primeira rodada), Juventus 1 x 0 Taubaté, São Caetano 1 x 1 Portuguesa (segunda) e Taubaté 3 x 0 São Caetano e Atibaia 1 x 1 Juventus (terceira),

As seis partidas disputas geraram a seguinte classificação: 1º – Portuguesa e Atibaia (4 pontos em 2 jogos); 3º – Juventus (4 pontos em 3 jogos); 4º – Taubaté (3 pontos em 3 jogos) e 5º – São Caetano (1 ponto em 2 jogos).

A quarta rodada, nesta sexta-feira, às 15h, terá o Taubaté visitando a Portuguesa e o São Caetano recebendo o Atibaia. A folga na tabela será do Juventus. Depois, o Taubaté folgará na quinta rodada e voltará na sexta, visitando o Atibaia.

Os times

O Taubaté vem de uma vitória por 3 a 0 na qual o São Caetano desperdiçou um pênalti que poderia ter aberto o placar na metade do primeiro tempo. O time taubateano cresceu depois do gol marcado antes do intervalo e soube explorar a vantagem para garantir os três pontos.

O técnico Douglas Leite não contou com o lateral-direito Rafael Compri, que afastado por gripe, foi substituído por Rodriguinho. O volante Ygor, promovido do time sub-20, começou no lugar de Gualberto que vem readquirindo o seu melhor condicionamento físico.

Contra o São Caetano, o Taubaté contou com: Leandro; Rodriguinho (Garcez), Hyago, Diego Augusto e Calixto (Gualberto); França, Ygor (Romero), Buchecha e Matheus (Robertinho); Kauê (Adriano Filho) e Anderson Magrão.

A Portuguesa está em crise. Depois da eliminação no Campeonato Brasileiro da Série D, ao perder nos pênaltis um mata-mata contra o gaúcho Caxias, o técnico Fernando Marchiori pediu demissão.

Um novo treinador ainda não foi anunciado para dirigir um time que teve a seguinte formação no segundo jogo contra o adversário de Caxias do Sul: Dheimison; Jefferson Feijão (Tito), Willian Magrão, Patrick e Denis Neves; Marzagão, Caíque e Danilo Pereira; Lucas Douglas (Raphael Luz), Ermínio (Caio Mancha) e Cesinha.

A equipe de arbitragem terá: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (árbitro), Alex Ang Ribeiro (assistente 1), Anderson José de Moraes Coelho (assistente 2), Pietro Dimitrof Stefanelli (quarto árbitro) e Roberto Perassi (analista de vídeo).

Caíque Toledo/EC Taubaté
Caíque Toledo/EC Taubaté
O atacante Kauê (camisa 7) sendo festejado pelo gol que abriu o placar na vitória sobre o São Caetano


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jogando Juntos, em Regional

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.