RMVale

ACI e SINHORES se pronunciam sobre a fase vermelha para toda a RMVale

Entidades pedem respaldo financeiro para evitar maiores prejuízos ao comércio, bares, restaurantes e outros segmentos afetados

Escrito por Meon

22 JAN 2021 - 17H30 (Atualizada em 22 JAN 2021 - 19H54)

Divulgação/Agência Brasil

A ACI (Associação Comercial e Industrial) de São José dos Campos vê com extrema preocupação, os indicadores cada vez mais alarmantes quanto ao novo coronavírus e as mortes provocadas pela doença na RMVale.

Segundo a Associação, sem medidas efetivas por parte da União, do Estado e do Município, um número ainda maior de empresas deve fechar, aumentando o desemprego  e causando alta nos preços. A inflação poderá voltar aceleradamente e nosso sistema econômico corre o risco de entrar em colapso.

A decisão do Estado em colocar toda a região na fase vermelha nesta sexta-feira (22), requer ações mais efetivas, explica o comunicado. Algumas medidas já foram tomadas, mas é necessário ir além, frente a esse novo quadro.

A Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos defende:

- A continuidade do Programa Emergencial de Manutenção de Emprego e Renda

- Linhas de crédito com juros baixos e condições especiais de pagamento à todas empresas que necessitarem

- Prorrogação no prazo para pagamento dos encargos sociais, impostos e tributos; municipal, estadual e federal

- Suspensão imediata dos efeitos do Pacote de Ajuste Fiscal do Estado de São Paulo em especial dos decretos 65.252/20, 65.253, 65.254/20 e 65.255/20 oriundos da Lei 17.293/20.

Por nota, o SINHORES (Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de São José dos Campos e região) também se pronunciou ao lamentar o aumento expressivo no número de infectados nessa "segunda onda" de contágio de covid-19, índices que levaram à região a ser reclassificada no Plano São Paulo.

Informa ainda que desde o início da pandemia a categoria tem respeitado as regras e protocolos adotados, alguns tiveram que reinventar seu modelo de negócio e muitos foram os investimentos para adequação a essa nova realidade.

"Queremos algum respaldo financeiro que permita nossa paralisação, sem que isso signifique que nossas portas tenham que fechar para sempre", finaliza o sindicato. 

Por enquanto, o poder público ainda não se manifestou sobre o possível apoio aos setores econômicos que terão que ficar fechados nesse período de fase vermelha. 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...