RMVale

DAEE apresenta benefícios do novo ciclo do Programa Rios Vivos

Investimento na RMVale é de mais de R$ 8 milhões

Escrito por Meon

04 DEZ 2023 - 19H31

Divulgação/DAEE

A diretora do Departamento de Água e Energia Elétrica da região do Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte, Marcia Eliza, recebeu no dia 30 de novembro, a sua superintendente Mara Ramos para apresentar os benefícios que a região receberá do novo ciclo do Programa Rios Vivos, da Secretaria de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística, do Governo do Estado de São Paulo.

+ Leia mais notícias da RMVale

+ Receba as notícias do Meon pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/GrkfVyt9TgB5kzD9FiFMzi

O Programa Rios Vivos é uma parceria do Estado e das Prefeituras, a quem cabe definir o local de descarte dos resíduos e o licenciamento ambiental, bem como a manutenção do entorno dos rios. A estimativa de investimento anual para esse ciclo é de R$ 172 milhões, que tem potencial para atender aproximadamente 130 municípios paulistas. Neste ciclo 2023-2024, o DAEE estima atender até 240 cursos d’água prioritários, como rios, córregos e ribeirões com serviços de melhoria

Na região, o DAEE já começou os trabalhos de limpeza, desassoreamento e revitalização de cursos d´água prioritários em São Luiz do Paraitinga, Lagoinha, Cruzeiro e Taubaté. A meta é melhorar a qualidade de vida, prevenir enchentes e revitalizar essas regiões em aproximadamente 6 meses. O valor do investimento total na região é de R$ 8.027.120,48.

No rio Paraitinga, começou a limpeza em 1,5 km na região central, esperando retirar cerca de 30 mil m³ de sedimentos, equivalente a quase 1,8 mil caminhões. Em Lagoinha, terá o rio Botucatu revitalizado em 2 km, com a meta de retirar 10 mil m³ de sedimentos, equivalente a aproximadamente 600 caminhões. Em Cruzeiro, o foco será no Córrego da Barrinha e um de seus afluentes, em mais de 3,7 km, com a previsão de retirar até 7,4 mil m³ de sedimentos, equivalente a mais de 400 caminhões.

Os rios Una e Itaim, em Taubaté, também estão passando por desassoreamento. Serão aproximadamente 3 km de intervenção e retirada de 23 mil m³ sedimentos. Os próximos serviços serão em Caraguatatuba, no rio Juqueriquerê, ao sul da cidade.

“O trabalho de desassoreamento e revitalização de margens no trecho de aproximadamente 3000 metros nos Rio Una e Rio Itaim, importantes Rios em Taubaté, 1500 metros no Rio São Luís em São Luís do Paraitinga, 2000 metros em Lagoinha e 3700 metros em Cruzeiro, marcam o início do 2º ciclo do Programa Rios Vivos na nossa Região. Esse Programa traz melhoria do fluxo d'água, evitando extravasamento, além de auxiliar na conservação das margens. Há outras vantagens significativas, como a maior disponibilidade de água de qualidade para o abastecimento público, o que incentiva a instalação de novos empreendimentos e polos industriais – fator que fortalece a economia e os índices socioeconômicos das cidades”, afirma Márcia Eliza, diretora do DAEE na região.

O DAEE da região fica no Largo Santa Luzia, 25, Santa Luzia, Taubaté. Mais informações pelo telefone (12) 36329554.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...