RMVale

Governo de SP anuncia novas medidas de combate à dengue

Será criado o Centro de Operações de Emergências

Escrito por Meon

07 FEV 2024 - 11H30 (Atualizada em 07 FEV 2024 - 11H44)

Divulgação/Governo de SP

Nesta terça-feira (6), o governador em exercício, Felicio Ramuth, assinou o decreto de criação do Centro de Operações de Emergências (COE) para combater o Aedes aegypti, vetor da dengue, Chikungunya e Zika. Sob coordenação da Secretaria da Saúde (SES), o COE inclui sete secretarias estaduais, como Casa Civil, Casa Militar e Defesa Civil, Segurança Pública, Desenvolvimento Social, Comunicação, Educação, Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística, além do Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems).

+ Leia mais notícias da RMVale

+ Receba as notícias pelo Canal do Meon no WhatsApp

A primeira medida do COE foi a destinação de R$ 200 milhões do tesouro estadual às prefeituras dos 645 municípios paulistas para o combate direto ao mosquito. Felicio Ramuth destacou a ação conjunta entre as secretarias estaduais e os municípios, com apoio técnico do Governo de SP.

Os recursos do programa IGM SUS Paulista se somam às iniciativas de suporte aos municípios, especialmente nas ações de campo, como a nebulização (fumacê), com mais de 600 equipamentos disponíveis. A Defesa Civil Estadual coordenará esse esforço, intensificando visitas domiciliares e orientações em parceria com as Defesas Civis Municipais.

Durante o carnaval, o Governo de SP terá ações de orientação e conscientização nas redes sociais e nos meios de transporte público, destacando a importância de eliminar criadouros e evitar água parada. Uma campanha de saúde pública também será lançada, informando sobre a necessidade de combater o mosquito, principalmente dentro das residências, onde 80% dos focos do Aedes aegypti são encontrados.

Haverá ações educativas em escolas, rodovias e locais de grande circulação, como estações de trem e metrô. A Secretaria de Saúde está capacitando agentes de endemias por meio de cursos online, enquanto o Instituto Adolfo Lutz recebe investimentos para agilizar os resultados de testes sorológicos e expandir sua capacidade.

O secretário de Saúde do Estado, Eleuses Paiva, enfatizou que esse será o maior apoio aos municípios na história do combate à dengue, com investimentos em capacitações para a rede de saúde, professores e cidadãos em geral. Para facilitar o acompanhamento da situação das arboviroses, o Governo de SP lançou o Painel de Monitoramento da Dengue, acessível em dengue.saude.sp.gov.br, fornecendo informações detalhadas sobre casos notificados, em investigação, confirmados, descartados, casos graves e óbitos em todo o território paulista. Este painel auxiliará na definição de novas políticas públicas de enfrentamento à doença, sendo possível filtrar dados por data, município e Grupo de Vigilância Epidemiológica, com a colaboração das prefeituras no preenchimento e resultados dos testes. Todas as ações fazem parte do Plano Estadual de Contingência das Arboviroses Urbanas, elaborado em conjunto com os demais níveis de gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) no estado.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...