Por Meon Em Regional

São José amarga derrota na primeira em casa pelo Brasileirão feminino

O Cruzeiro mostrou mais entrosamento e eficiência para fazer 3 a 0

No primeiro jogo em casa pelo Brasileirão de futebol feminino, o São José teve um resultado amargo e ficou sem a reablitação que procurava. Na noite desta quinta-feira, o Cruzeiro veio ao Martins Pereira e fez 3 a 0.

No campeonato que tem os 16 times se enfrentando em turno único e disputando oito vagas nas quartas de final, ou então fugindo das quatro últimas posições da zona de rebaixamento, o São José vinha de uma estreia com derrota.

No entanto, estava mais animado porque começaria a contar com seis jogadoras que não puderam visitar o Internacional de Porto Alegre, nos 2 a 0 sofridos no domingo. Com documentação regularizada, a zagueira Rayane e as meio-campistas Rafa Marques e Myilena Pedroso começaram como titulares; Fabi Ramos, Rivena e Raquel Beatriz, como opções de banco.

Com um time reformulado e ainda em formação, o São José recebeu um adversário mais entrosado e mantendo a base que subiu à elite nacional no ano passado, E quando parecia que o primeiro tempo terminaria sem gols, o Cruzeiro abriu o placar, aos 43 minutos. Em uma falta enviada para a área, a defesa joseense não cortou e a Mayara finalizou.

Em desvantagem, o São José voltou do intervalo no ataque e levou um gol de contragolpe com menos de dois minutos. A atacante Micaelly recuou para ajudar na marcação, recebeu e arrancou pela meia esquerda. Aindo do campo de defesa, mandou um lançamento entre as duas zagueiras do São José. A meia-atacante Miriã disparou, invadiu a área e colocou por baixo, na saida da goleira.

A desvanatagem de dois gols deixou o São José ainda mais exposto. Aos 35, o time perdeu a bola ao trocar passes para tentar qualifcar a saíde de jogo e o Cruzeiro aroveitou. Em um chute de longe, Zany saltou para o canto direito, rebateu e junto com duas defensoras joseense, a atacante Eskerdinha, debaixo do travessão, colocou para dentro.

Agora, pela terceira rodada, o São José irá ao Amazonas. No domingo, visitará o Iranduba, às 16h, em Manaus.

Os times

O São José, do técnico Adilson Galdino, jogou com: Zany; Juju, Bruna Amarante, Rayane e Gabi Machado; Rafa Soares, Rafa Marques e Mylena Pedroso (Joelma 6´/2º); Ariel (Rivena 7´/2º), Fernanda Tipa e Mylena Carioca (Geisi 13´/2º).

O Cruzeiro, do técnico Jorge Victor, jogou com: Mary Camilo; Janaína, Jajá, Mayara e Thalita; Capelinha (Micaelly 2´/2º), Vanessa (Ambrozio 38´/2º), Dedê (Duda 23´/2º) e Miriã; Eskerdinha e Kim.

A arbitragem: Rejane Caetano da Silva-RJ-Fifa (árbitro), Fabiana Nóbrega Pitta-RJ (assistente 1), Thayse Marques Fonseca-RJ (assistente 2), Thiago Lourenço de Mattos-SP (quarto árbitro) e Kleber José de Melo-SP (analista de campo).

co_465

Na foto (de Renato Antunes/Maxx Sports), Mylena Carioca tenta dominar a bola em uma descida joseense.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em Regional

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.