O São José Vôlei, que após uma temporada inativo reapareceu no Campeonato Paulista Masculino, agora tentará recuperar o espaço nas competições nacionais. O time ganhou uma vaga em um torneio seletivo para a Superliga B, a de acesso à divisão de elite.

Após terminar o Campeonato Paulista com a sexta melhor campanha, a Equipe Adulta do São José Vôlei tem um novo desafio na temporada: a Taça Prata. O torneio acontecerá entre os dias 24 e 28 de outubro na cidade de Itapetininga e os três melhores times conquistarão vaga para disputar a Superliga B ainda nesta temporada.

A competição contará com a participação de seis times divididos em dois grupos. O Grupo A conta com o anfitrião UM Itapetininga, o São José Vôlei e o Vôlei Amazonas/Nilton Lins, enquanto o Grupo B terá o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão Preto, o Super Vôlei/Santo André e o Conceição do Mato Dentro, de Minas Gerais.

Na primeira fase, as equipes enfrentarão os adversários de seus respectivos grupos e os dois primeiros colocados avançarão para a fase final. Os times que tiverem o melhor desempenho em cada grupo já estarão classificados para a Superliga B e também para a final da Taça Prata. A terceira vaga ficará com o vencedor da disputa entre os dois segundos colocados, de cada um dos grupos.

A equipe joseense estreia no dia 24 (terça-feira) contra o Vôlei Amazonas/Nilton Lins às 18 horas no Ginásio Ayrton Senna e o jogo também marcará a abertura da Taça Prata. A segunda partida do São José Vôlei será contra os donos da casa (UM Itapetininga) no dia 26 (quinta-feira) às 20h30 no mesmo local da estreia.

Segundo o técnico, Fabrizio Capello, o São José Vôlei irá pra cima dos adversários querendo a classificação: “Estamos trabalhando forte para a disputa da Taça Prata, sabemos que será um torneio muito disputado e Itapetininga pela equipe que tem e como cidade sede da competição é a grande favorita a conquistar uma das vagas. Ribeirão Preto também surge como uma das equipes que vai brigar forte para conquistar o acesso à Superliga B e sabemos que vamos precisar derrotar esses times para buscar as vagas. Não conhecemos o potencial das equipes que vêm de fora do estado, mas vamos lutar para buscar o nosso espaço entre os classificados.”

O São José Vôlei terá dois desfalques importantes: o central Igor e o ponteiro Juarez. Titulares durante a campanha do Campeonato Paulista, eles deixaram a equipe joseense para jogar na Espanha e na Grécia, respectivamente.

“Infelizmente temos dois desfalques de peso para a Taça Prata que foram jogar no exterior, mas vamos superar isso para buscar nosso objetivo desta temporada que é a classificação para a Superliga B”, completou Fabrizio.

Reencontro

O time de São José dos Campos irá reencontrar três adversários que já enfrentou nesta temporada: o UM Itapetininga, o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão Preto e o Super Vôlei/Santo André. O histórico é positivo com duas vitórias contra Ribeirão Preto e Santo André e um derrota para a equipe sede da Taça Prata e adversária na fase de grupos.

O jogo do São José contra o Itapetininga foi no dia 6 de setembro e na casa do adversário. O time local comandou o primeiro set, vencido por 25-18. No segundo, os joseenses tiveram a chance de vitória, mas acabaram perdendo por 26-24. E no terceiro, os visitantes não suportaram o ritmo e o jogo acabou em um 25-13.

ax_001