Por Meon Em Diversos

Você sabia que o cartão de crédito pode pagar a conta de luz?

Consumidor precisa estar atento a cobrança de taxas e outros impostos na operação

É normal utilizar cartões de crédito para comprar aquele celular de última geração, um sapato novo ou mesmo algum objeto imprescindível para a casa. Quase todo mundo já fez uma extravagância para ter aquilo que sempre sonhou. Para realizar o desejo, fez a aquisição em milhares de parcelas.

O que também já aconteceu com muita gente é a falta de grana no fim do mês. Um gasto excessivo aqui, outro acolá, e o mês parece mais longo do que realmente é. Neste momento, o cartão de crédito também aparece como salvador da pátria.

O que muita gente não sabe é que o cartão de crédito pode ser utilizado para pagar contas importantes, como telefone, luz ou água. Você pode pagar esses boletos com o seu cartão de crédito, se esta funcionalidade estiver disponível e habilitada. O cartão de crédito deve estar válido e com limite disponível. Se tudo isso estiver liberado, o cliente pode aproveitar algumas praticidades do cartão de crédito, como o prazo de até 40 dias para pagar a fatura

No entanto, é preciso verificar se o emissor (banco) do seu cartão oferece essa possibilidade. Ele pode fazer essa consulta por meio dos canais de atendimento, como site, internet banking, aplicativo e telefone, entre outros.

Para a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), essa modalidade pode ampliar as possibilidades do cliente em uma situação de dificuldade. "Nesse caso, o cartão ajuda o cliente que não tenha recursos para quitar o boleto imediatamente, podendo assim adiar o desembolso para a data de fechamento da fatura do cartão", afirmou Ricardo Vieira, diretor-executivo da entidade em entrevista ao UOL.

Mas é preciso estar atento às taxas que eventualmente são cobradas. A Abecs informa que as tarifas podem variar de acordo com cada emissor de cartão. A recomendação é sempre verificar se há incidência de custos extras para realizar essa modalidade.

Ainda de acordo com a entidade, a modalidade é mais vantajosa para o cliente que planeja seus gastos e usa o cartão de crédito como um aliado, aproveitando o prazo de até 40 dias para pagar a fatura. Mas a recomendação é não descuidar das finanças nem considerar o cartão de crédito como um complemento de sua renda.

"Para quem não tem o dinheiro agora, a recomendação é avaliar seriamente se vale a pena se endividar, caso não consiga quitar a fatura integral do cartão de crédito. Se você precisar ainda parcelar a fatura, juros do crédito rotativo e o IOF cobrado vão incidir sobre o valor restante. Portanto, é importante fazer primeiro uma simulação para ter certeza de que as parcelas vão caber no seu orçamento", disse a gerente do Serasa Consumidor

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em Diversos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.