Por FolhaPress Em Brasil & Mundo

Real sofre, mas aproveita expulsão e vence Atalanta na Liga dos Campeões

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Com um jogador a mais desde os 17 minutos do primeiro tempo, o Real Madrid sofreu, mas conseguiu aproveitar a vantagem e venceu a Atalanta por 1 a 0 com gol de Mendy pela partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

Na partida de volta, o Real Madrid precisa de um empate simples para avançar. Os italianos avançam com vitória por mais de dois gols de diferença. Vitória da Atalanta por 1 a 0 leva a partida para os pênaltis, mas vitória com por um gol de diferença desde que marque mais de um gol dá a vaga à Atalanta. Casemiro recebeu cartão amarelo e não vai jogar o segundo jogo.

Aos 17 minutos, Mendy recebeu de Vinicius Jr e foi derrubado por Freuler fora da área. O árbitro expulsou o jogador da Atalanta. Na cobrança, Isco mandou na barreira. Aos 25 minutos, Nacho driblou a defesa e chutou por cima.

Já no fim da primeira etapa, Vinícius Jr recebeu de Isco e chutou prensado de fora da área, mas a bola foi para fora. Após o escanteio, a bola foi levantada para Asensio tentar de cabeça, mas a finalização saiu sem força. Depois, Kroos cobrou falta da ponta esquerda e, após desvio de Varane, o goleiro Gollini conseguiu evitar o gol do time espanhol.

No segundo tempo, Vinícius Jr teve mais uma boa oportunidade de marcar, mas Gosens atrapalhou o brasileiro, que perdeu. Minutos depois o jovem foi substituído.

Com muita posse de bola, o Real Madrid não conseguia transformar essa superioridade em gol, mas aos 42 minutos do segundo tempo, após cobrança de escanteio curto, Mendy recebeu de Modric e bateu colocado, da entrada da área. A bola entrou no cantinho de Gollini, que nada pôde fazer.

CITY VENCE FORA

O Manchester City superou o Borussia M'gladbach por 2 a 0 no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

Jogando na Puskás Arena, em Budapeste, o time de Pep Guardiola foi superior durante grande parte dos 90 minutos, e construiu o resultado com gols de Bernardo Silva e do brasileiro Gabriel Jesus.

Os ingleses ditaram o ritmo da partida. No início, Bensebaini salvou o que seria uma grande chance do City abrir o placar. Sterling invadiu a área e armou o chute, mas o camisa 25 chegou por trás e conseguiu o desarme. O M'gladbach, em uma rara reação, quase marcou com Pléa, para o desespero de Pep Guardiola à beira do gramado. O time alemão errou muito nos contra-ataques e apresentou uma grande dificuldade na saída de bola.

Aos 28 minutos, Bernardo Silva abriu o placar. João Cancelo cruzou com perfeição da intermediária e encontrou o português nas costas de Elveldi. Ele cabeceou para baixo, e não deu chances para o goleiro.

Gabriel Jesus apareceu com perigo aos 8 minutos do segundo tempo, quando Eveldi apareceu na hora certa para travar a finalização. Na segunda oportunidade, porém, ele não perdoou: depois de mais um ótimo cruzamento de Cancelo, Bernardo Silva ajeitou de cabeça e Jesus apenas empurrou para as redes.

O brasileiro se tornou o 5º jogador estrangeiro com mais gols na história do clube inglês, com 77 marcados. Ele igualou a marca de David Silva, e pode alcançar Yaya Touré, que tem 82.

Com o resultado, o City pode perder por um gol de diferença no jogo da volta, marcado para 16 de março, no Etihad Stadium. Para avançar às quartas de final, o M'Gladbach precisa vencer por dois gols de diferença.

O próximo jogo do Manchester City é contra o West Ham, no sábado (27), às 9h30 (Horário de Brasília), pelo Campeonato Inglês. O M'Gladbach enfrenta o RB Leipzig, fora de casa, às 14h30 (Horário de Brasília), pelo Campeonato Alemão.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por FolhaPress, em Brasil & Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.