Por Conteúdo Estadão Em Brasil & Mundo

Suns derrotam Blazers e adiam classificação do rival para os playoffs da NBA

O Phoenix Suns venceu o Portland Trail Blazers por 118 a 117, em duelo emocionante disputado na rodada de quinta-feira da NBA, na Talking Stick Resort Arena, em Phoenix. Com polêmicas de arbitragem no final e decidido praticamente na última bola, o jogo adiou a classificação direta do time do Oregon aos playoffs. A franquia ainda depende de si, mas precisa vencer o Denver Nuggets neste domingo para escapar do "play-in" (fase anterior aos playoffs) ou torcer contra o Los Angeles Lakers, que ainda faz duas partidas.

Vencedores da noite, os Suns foram mais uma vez "orquestrados" por Chris Paul. O armador jogou muito e anotou 26 pontos, com mais sete assistências, e foi decisivo no duelo, principalmente no último período. Grande estrela da franquia, Devin Booker esteve abaixo do que vem mostrando na temporada, mas anotou os dois lances livres cruciais no fim do jogo e terminou com 18 pontos, duas assistências e cinco rebotes.

Do lado derrotado, nem mesmo o "Dame Time" foi capaz de salvar o time de Oregon. Apesar de anotar 24 pontos no último quarto e 41 no geral, o armador Damian Lillard não conseguiu levar a vitória e a classificação direta dos Blazers aos playoffs para casa.

Com a vitória, os Suns ainda continuam sonhando com a primeira posição no geral da liga. Em segundo na Conferência Oeste, o time de Phoenix precisa vencer seus próximos dois duelos contra o San Antonio Spurs, que acontecem neste sábado e domingo, ambos em San Antonio, e torcer para que o Utah Jazz tropece em um dos seus dois jogos - contra Oklahoma City Thunder (nesta sexta-feira) ou Sacramento Kings (no sábado), também ambos fora de casa.

Os Blazers ainda dependem das próprias forças para acabar a temporada regular garantindo a classificação direta aos playoffs. Para isso, precisam vencer os Nuggets no domingo, em Portland. Em caso de derrota, terão que "secar" os Lakers, que jogam foram de casa contra Indiana Pacers, neste sábado, e New Orleans Pelicans, no domingo. Se o time da Califórnia perder um dos jogos, o de Portland já se garante.

Na Flórida, o Miami Heat chegou à 39.ª vitória em 70 jogos ao bater o Philadelphia 76ers, em um jogo que dominou do início ao fim. O placar de 106 a 94 não refletiu a real diferença das equipes durante a partida.

Como Atlanta Hawks (40-31) e New York Knicks (39-31) também venceram seus jogos na rodada de quinta-feira, a situação da briga pela quarta colocação da Conferência Leste segue a mesma. Já os 76ers (47-23) veem o Brooklyn Nets (46-24) e o Milwaukee Bucks (45-25) se aproximarem perigosamente faltando dois jogos na disputa da primeira colocação na temporada regular do Leste.

Como nos bons tempos da última temporada, o Heat mostrou a força do seu elenco, da defesa e da movimentação ofensiva para vencer o seu adversário. Bam Adebayo, talvez o maior destaque individual do jogo, chamou a atenção na defesa ao marcar bem o pivô camaronês Joel Embiid e ao flertar com um "triple-double" (dois dígitos em três fundamentos) com 18 pontos, 12 rebotes e oito assistências.

Os 76ers sofreram muito no ataque e isso pode ser percebido no desempenho do seu principal jogador. Embiid teve apenas seis pontos em 25 minutos em quadra. O melhor jogador foi Tobias Harris, que fez 21 pontos.

Confira a rodada de quinta-feira da NBA:

Charlotte Hornets 90 x 113 Los Angeles Clippers
Indiana Pacers 133 x 143 Milwaukee Bucks
New York Knicks 102 x 98 San Antonio Spurs
Atlanta Hawks 116 x 93 Orlando Magic
Miami Heat 106 x 94 Philadelphia 76ers
Memphis Grizzlies 116 x 110 Sacramento Kings
Chicago Bulls 114 x 102 Toronto Raptors
Minnesota Timberwolves 103 x 114 Denver Nuggets
Phoenix Suns 118 x 117 Portland Trail Blazers

Confira a rodada de sexta-feira da NBA:

Washington Wizards x Cleveland Cavaliers
Detroit Pistons x Denver Nuggets
Philadelphia 76ers x Orlando Magic
Oklahoma City Thunder x Utah Jazz
Memphis Grizzlies x Sacramento Kings
Dallas Mavericks x Toronto Raptors
Houston Rockets x Los Angeles Clippers
Golden State Warriors x New Orleans Pelicans

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Brasil & Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.