Regional

Futebol da região poderá ter até três times no próximo Paulista da Segunda Divisão

O Manthiqueira de Guaratinguetá segue normalmente, o Atlético Joseense permanecerá afastado, o XV de Caraguatatuba poderá voltar depois de muito tempo e o Auddaz de Piquete seria a novidade

Escrito por Jogando Juntos

15 JUN 2021 - 19H53 (Atualizada em 15 JUN 2021 - 21H03)

Divulgação Bezinha 999 (Divulgação)

O conselho técnico do próximo Campeonato Paulista da Segunda (4ª) Divisão será na quinta-feira e poderá confirmar três times da região. O Manthiqueira de Guaratinguetá segue normalmente, o Atlético Joseense permanecerá afastado, o XV de Caraguatatuba poderá voltar depois de muito tempo e o Auddaz de Piquete seria a novidade.

A terceira divisão de acesso do futebol paulista novamente fechará o calendário de disputa depois dos campeonatos das séries A-1, A-2 e A-3. Novamente será sub-23 e com a fase inicial de grupos regionalizados de acordo com o número total de times participantes. Continuará valendo duas vagas de acesso à Série A-3 da temporada seguinte.

No ano passado, o campeão São José e o vice-campeão Bandeirante de Birigui conquistaram as duas vagas de acesso e já disputaram a Série A-3 encerrada no último sábado. Semifinalista, o Manthiqueira de Guaratinguetá novamente será um dos destaques, também por ter sido campeão em 2017.

O Atlético Joseense não quis disputar o campeonato do ano passado e permanecerá licenciado. O presidente Manoel Monteiro, o Café, entende que a pandemia continua comprometendo o planejamento para uma participação animada e estruturada. “Além da responsabilidade pela saúde dos profissionais contratados, tem também os custos que ficam bem maiores com os protocolos de segurança”, disse o dirigente, nesta terça-feira.


Novidades

Nos anos 90, o XV de Novembro de Caraguatatuba foi uma das sensações do futebol profissional da região. Um trabalho idealizado pelo então técnico Eduardo Gonçalves rendeu acessos e também deixou pessoas da cidade interessados em uma reativação futura.

Nesta semana, o presidente Márcio Amores está correndo para habilitar o time que contará com a participação do vice-presidente Nílton Moreira, o ex-goleiro Moreira, de tradicional escolinha de futebol em São José dos Campos e que seria parceiro do Atlético Joseense no ano passado.

Com os demais investidores do projeto, Márcio Amores acredita que poderá deixar o tradicional estádio do XV em condições de aprovação para o campeonato. O problema maior é a reforma na arquibancada, mas que não será utilizada porque a pandemias mantém futebol brasileiro sem público presente. A opção de jogar em outra cidade, como Ilhabela ou São José dos Campos, também é considerada,

O Grêmio Auddaz Piquete FC seria uma das novidades das competição. Projeto de empresários do Rio de Janeiro, já está com a estrutura avançada para entrar no futebol profissional e estrear no campeonato previsto para começar em agosto.

Nesta terça-feira, como parte dos festejos de comemoração do 130º aniversário de Piquete, o time programou um amistoso contra o Itaguaí, novo time do Litoral Sul fluminense. Com preliminar entre as duas equipes da categoria sub-20, o encontro foi no estádio da Fábrica de Pólvora e Explosivo Presidente Vargas, preparado para ser a casa da equipe.

Divulgação
Divulgação
O Auddaz e o Itaguaí no amistoso em Piquete


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jogando Juntos, em Regional

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.