Regional

São José Futsal leva goleada inesperada e Taubaté e Yoka de Guará recebem tabela

O time joseense agora terá o jogo de volta do segundo mata-mata da Copa do Brasil; na quarta-feira, receberá o Corinthians e precisará reverter um placar de 2 a 3 sofrido no jogo de ida

Escrito por Jogando Juntos

21 JUN 2021 - 20H31 (Atualizada em 21 JUN 2021 - 21H16)

Brenno Domingues/São José Futsal Futsal 966 (Brenno Domingues/São José Futsal)

O São José Futsal foi com a vice-liderança do seu grupo da Liga Nacional a Santa Catarina e acabou sofrendo uma inesperada grande goleada do terceiro colocado. Na noite desta segunda-feira, o Joaçaba deslanchou depois do intervalo e fez o placar de 7 a 1. Na Copa Paulista, o Taubaté e Yoka de Guaratinguetá receberam a tabela das quartas de final.

O time joseense agora terá o jogo de volta do segundo mata-mata da Copa do Brasil. Na quarta-feira, receberá o Corinthians e precisará reverter um placar de 2 a 3 sofrido no jogo de ida.

Em Joaçaba, os donos da casa começaram a partida pressionando, tentando empurrar o São José para trás, que, por sua vez, não aceitou a pressão e soube sair da marcação de Joaçaba para subir ao ataque. Por conta disso a partida ficou muito equilibrada nesses primeiros minutos, com uma disputa forte pela posse.

Com o passar do tempo o jogo ficou mais aberto. Os joseenses exploravam muito suas alas e a velocidade dos mesmos para chegar à frente. Assim os visitantes levavam perigo para a meta de Joaçaba, que também ia se defendendo bem para manter o placar na igualdade.

Já na metade final do primeiro tempo, em contra-ataque, o Joaçaba abriu o marcador com um chute de primeira pela ala (Bazzinho, aos 13 minutos). Em resposta o ala Ronney acertou um ótimo chute de fora da área no canto do goleiro para empatar a partida novamente (aos 14). Depois disso ambas as equipes tentaram, mas não acharam nenhuma brecha para atacar e a partida foi para o intervalo com o empate.


Complicando

Já no segundo tempo a equipe de Joaçaba subiu sua marcação, criando mais volume de jogo para pressionar o São José para trás. Mesmo assim a equipe visitante conseguia sair dessa marcação para subir e rondar a área adversária, procurando uma brecha.

Em jogada de bola parada a equipe da casa ampliou (Peru, aos 4) e, em sobra de bola, chegou ao terceiro (Augusto 8). Sem se abater a equipe do interior paulista continuou atacando mas viu o quarto gol após uma saída de bola errada da defesa (Vitinho, 10).

Com os joseenses de goleiro linha, a equipe da casa conseguiu defender bem e, em sobra de bola na pequena área, chutou de trás para fazer o quinto (Ernesto 14). Sem deixar de pressionar em nenhum momento a equipe do São José continuou buscando espaço, mas viu o sexto do Joaçaba (Igor, 17|) sair após outra roubada de bola. No fim (Billy, 19) e 7×1 para a equipe da casa.


A disputa

O Grupo A tem os sete times se enfrentando em turno e returno. Os cinco melhores avançarão ao mata-mata das oitavas de final e o sexto colocado disputará uma vaga por índice técnico com os sextos colocados dos outros dois grupos.

Depois da partida desta segunda-feira, a classificação ficou assim: 1º – Magnus Sorocaba (17 pontos em 7 jogos); 2º – São José (12 em 7); 3º – Joaçaba (10 em 6); 4º – Intelli/Santo André (6 em 4); 5º – Jaraguá-SC (5 em 5); 6º – Corinthians (4 em 4) e 7º – Umuarama-PR (2 em 7).


Os times

O São José, do técnico Douglas Navas, entrou com: Matheus, Pelé, Ronney, Vandinho e Joãozinho. Começaram no banco: Lucas (goleiro), Jonathan Bob, Mendonça, Alison, Felipe, Bob e Yuri.

O Joaçaba, do técnico Paulinho Saranduva, entrou com: Jackson, Peru, Bazzinho, Ernesto e Yan. Começaram no banco: Thiago (goleiro), Augusto, Billy, Juninho Paulista, Vitinho, Juninho Motta, Rafa, Igor e Chico.

No Centro de Eventos da UNOESC, a equipe de arbitragem contou com: Daniel Robson Alves (árbitro 1), Juliano Vinícius Ramos (assistente 2), Suelen Casaril (anotadora) e Jackson Luiz Nunes (cronometrista).


Copa Paulista

Na sexta-feira, o Taubaté e o Yoka de Guaratinguetá avançaram às quartas de final da Copa Paulista, respectivamente nas duas primeiras colocações do Grupo B. Como o Taboão da Serra e o São Paulo, terceiro e quarto, ficaram aguardando os resultados da última rodada do outro grupo.

No sábado, o Grupo B terminou com o Pulo do Gato de Campinas, o Ribeirão Preto, o Dracena e o Botucatuense ocupando as quatro primeiras posições e definindo o cruzamento olímpico das quartas de final: 1º do Grupo A x 4º do B, 1º B x 4º A, 2º A x 3º B e 2º B x 3º A.

Agora, as quartas de final serão em rodada única. O time de melhor colocação na fase anterior terá as vantagens de jogar em casa e por um empate em caso de prorrogação após empate no tempo normal.

A rodada começará na sexta-feira com: Taubaté x Botucatuense (18h) e Ribeirão Preto x Taboão da Serra (20h). Depois, no sábado: Yoka Guará x Dracena (18h) e Pulo do Gato x São Paulo (16h).

Pelo chaveamento da competição, o vencedor entre Taubaté e Botucatuense fará uma das semifinais contra o vencedor de Ribeirão Preto e Taboão da Serra. Assim, na outra semifinal, o vencedor entre Yoka e Dracena enfrentará o vencedor entre Pulo do Gato e São Paulo.

Brenno Domingues/São José Futsal
Brenno Domingues/São José Futsal
Bob tenta evitar um desarme de Juninho Paulista


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jogando Juntos, em Regional

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.