Regional

São José recebe o Marília abrindo nova semana de três jogos e mais decisiva

Restam quatro rodadas para o final da fase inicial do Paulista da Série A-3 e a disputa está acirrada

Escrito por Jogando Juntos

17 MAI 2021 - 15H43

Fábio Moraes/São José EC Águia 968 (Fábio Moraes/São José EC)

O São José recebe o Marília nesta segunda-feira, às 20h, em mais uma semana de três partidas pelo Campeonato Paulista da Série A-3. Restando quatro rodadas para o final da fase de classificação, o time joseense tentará antecipar a conquista de uma das vagas das quartas de final. Por causa do desgaste da maratona, nenhum treino foi realizado.

Na semana passada, o São José jogou na segunda-feira (2 a 1, fora, contra o Barretos), na quarta-feira (1 a 0, em casa, Bandeirante de Birigui) e no sábado à tarde (2 a 2, fora, Rio Preto). Com as duas vitórias, atingiu o objetivo inicial de subir à zona de classificação e com o empate, começou a defender posição entre os oito melhores.

Agora, receberá o Marília nesta segunda-feira, visitará o Nacional de São Paulo na tarde de quinta-feira e terá a visita do Penapolense na noite de sábado, Depois, pela última rodada, visitará o Comercial de Ribeirão Preto, dia 25, uma terça-feira.

Mesmo bem colocado e podendo até subir posições, o São José sabe que a acirrada disputa pelas vagas exige a sustentação da campanha que ficou positiva com os resultados da semana passada. Por enquanto, do total de 16 times participantes, somente os dois últimos colocados já estão eliminados.

A disputa

A atual fase tem os 16 times se enfrentando em turno único de 15 rodadas. Depois, os oito melhores avançarão ao mata-mata das quartas de final, os dois últimos serão rebaixados à Segunda (4ª) Divisão e os seis restantes sairão eliminados.

A classificação, depois de 11 rodadas, está assim: 1º – Noroeste de Bauru (21 pontos); 2º – Votuporanguense (20); 3º – Linense (18); 4º – Marília, Barretos e São José (17 pontos e 5, 5 e 4 no número de vitórias); 7º – Nacional de São Paulo e Primavera de Indaiatuba (16); 9º – Capivariano e Desportivo Brasil de Porto Feliz (15); 11º – Bandeirante de Birigui (14); 12º – Rio Preto (13); 13° – Olímpia e Comercial de Ribeirão Preto (12); 15º – Batatais (8) e 16º – Penapolense (4).

Nesta segunda-feira, quando entrarem em campo, São José e Marília já conhecerão os resultados dos outros sete jogos da 12ª rodada: Noroeste x Linense (17h), Desportivo Brasil x Votuporanguense (15h), Bandeirante x Barretos (15h), Nacional x Capivariano (15h), Penapolense x Primavera (17h), Comercial x Rio Preto (17h) e Olímpia x Batatais (15h).

Os times

A delegação do São José chegou de São José do Rio Preto no início da madrugada de domingo. Os jogadores foram direto para a concentração em hotel e saíram somante para o teste protocolar de Covid-19. Novamente, nenhum caso positivo.

O centroavante Lucas Lima, expulso em Rio Preto, cumpre suspensão contra o Marília. O volante Pablo poderá voltar de automática por terceiro cartão amarelo, mas o lateral-esquerdo reserva Janilson segue afastado por contusão.

Como a maratona de jogos tem provocado um espécie de rodízio que poupa os mais desgastados, o técnico Renato Peixe não antecipou a escalação do São José. Em Rio Preto, o time atuou com: Douglas Marques; Carlos, Gutierrez, Arthur e Oliveira (Alex Barros); Josiel, Alan Lopes, Carlinhos e Branquinho (Lucas Formiga); Gilsinho (Arthur) e Lucas Lima.

O Marília vem de uma inesperada derrota em casa para o Nacional, por 3 a 0 e com todos os gols surgindo nos primeiros 15 minutos da partida. O time também perdeu, por terceiro cartão amarelo, o zagueiro Jean Pierre e o lateral-esquerdo Lucas Gama, posteriormente dispensado pela diretoria que alegou indisciplina do atleta.

Fora do banco de reservas, pelo recebido cartão vermelho na partida anterior, o técnico Guilherme Alves teve a seguinte formação: Cleber Alves; Danilo Baia, Geninho (Kauan), Jean Pierre e Lucas Gama (Lucas Lino); Júnior Santos (Bruno Sabiá), Léo Couto e Matheus Silva; Orlando Júnior, Gustavo Nescau (Luís Henrique) e Joãozinho (Diogo Calixto).

No estádio Martins Pereira, a equipe de arbitragem terá: Márcio Mattos dos Santos (árbitro), Fabrício Porfírio de Moura (assistente 1), Denis Matheus Afonso Ferreira (assistente 1), Diego Augusto Fagundes (quarto árbitro) e Carlos Donizeti Pianósqui (avaliador de campo).

Fábio Moraes/São José EC
Fábio Moraes/São José EC
Comemoração do segundo gol marcado em Rio Preto


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jogando Juntos, em Regional

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.