Por Jogando Juntos Em Regional

Taubaté empata em São Paulo no jogo que valia a vice-liderança isolada

O resultado manteve o Desportivo Brasil na segunda posição do grupo

No jogo que valia a vice-liderança isolada do Grupo 3 da Copa Paulista, o Taubaté foi visitar o Nacional na tarde deste sábado, em São Paulo. O jogo não saiu do 0 a 0 e o resultado manteve o Desportivo Brasil na segunda colocação.

O Grupo 3 tem seis times se enfrentando em turno e returno, disputando quatro vagas. A rodada anterior fechou o primeiro turno com a seguinte classificação: 1º – Juventus (12 pontos), 2º – Desportivo Brasil e Nacional (8); 4º – Taubaté (7); 5º – Corinthians B (4) e 6º – Portuguesa (3).

Na sexta-feira, abrindo a sexta rodada e também o segundo turno, o Desportivo Brasil recebeu a Portuguesa, em Porto Feliz e empatou, por 1 a 1. O Desportivo Brasil foi a nove pontos e ficou esperando o confronto direto entre Nacional e Taubaté. No estádio Nicolau Alayon, um vencedor seria o novo vice-líder do grupo.

Motivados, mas também respeitando o adversário, Taubaté e Nacional fizeram um primeiro tempo de marcação predominante. A equipe de São Paulo chegou a exigir duas boas intervenções do goleiro Rafael Dida, mas em nenhum momento conseguiu pressionar o suficiente para desestabilizar os visitantes.

Aproveitando o intervalo para ajustes, os dois times cresceram no segundo tempo. O Nacional passou a dar trabalho para a defesa adversária e o Taubaté começou a explorar os espaços para contragolpes.

Aos 14 minutos, em bola longa e lançada do campo de defesa, o zagueiro taubateano Rafael Castro não conseguiu tirar da área e o meia Gabriel Mendes pôde mandar um chute forte e cruzado. A bola bateu na trave direita, voltou e o atacante Leandro Caju, mergulhando de cabeça, mandou para fora desperdiçando grande chance.

O Taubaté também esteve próximo do gol em um escanteio cobrado da direita, pelo meia Branquinho, aos 22 minutos. O zagueiro Dogão fechou na primeira trave, cabeceou para baixo e a bola, depois de bater no chão e subir, saiu rente ao ângulo esquerdo, ainda tocando no travessão.

No próximo domingo, dia 4 de agosto, o Taubaté receberá o Corinthians B, às 10h. Antes, o time corintiano fechará a atual sexta rodada. Na terça-feira, em Jundiaí, receberá o Juventus, às 15h.

Os times

O Taubaté, do técnico Ivan Izzo, jogou com: Rafael Dida; Carlinhos, Dogão, Rafael Castro e Diego; Alan Mota, Elivelton, Ynaiã (Claudinho 42´/2º) e Branquinho (Vinícius Ferreira 41´/2º); Marcus Nunes (Tatá 33´/2º) e Elton Morelato.

O Nacional, do técnico Ricardo da Silva, jogou com: Felipe Lacerda; Veloso, Rodrigo Sam, Felipe Gregório e Caio Mendes; Negueba (Patrik 31´/2º), Allan Christian e Gabriel Mendes; Matheus Lú, Eder Paulista (Rodrigo Sabão 31´/2º) e Leandro Caju (Luciano Pintinho 18´/2º).

No estádio Nicolau Alayon, a equipe de arbitragem contou com: João Vitor Gobi (árbitro), Leonardo Augusto Villa (assistente 1), Wellington Bragantim Caetano (assistente 2) e José Cláudio Ribeiro da Silva (quarto árbitro).

cq_233

Na foto (de Bruno Castilho EC Taubaté), Elivelton marcando um jogador do Nacional.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jogando Juntos, em Regional

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...