Por Meon Em Meon Menu Atualizada em 06 ABR 2021 - 10H26

Bianca Petrillo, mixologista da Beg Gin prepara três drinks para o Meon Menu

Sugestões criativas e fáceis para fazer em casa



Bartender desde os 18 anos, Bianca Petrillo experimentou o mundo e mantém suas influências adquiridas na Europa e Austrália. Em sua jornada aprofundou-se e aprendeu muito sobre coquetelaria e hotelaria. Passou por agências de catering, bares, hotéis, restaurantes e até mesmo cafezais na ilha de Bali na Indonésia e plantações de uvas vinícolas no deserto em Queensland na Austrália, hoje mixologista de Beg Gin nos apresenta algumas receitas de coquetéis clássicos feitos com Beg Gin, com sugestões criativas e fáceis para fazer em casa.


French 75

Ingredientes:

45ml Beg Gin Modern & Tropical

5ml de xarope de açúcar 2:1* (ou 2 colheres de chá de açúcar)

30ml Suco de limão siciliano

Completa com espumante

Guarnição: Twist de laranja Bahia

Copo: Flute 


French 75


Preparo: Bata todos os ingredientes, exceto o espumante em uma

coqueteleira ou um copo com tampa e muito gelo até resfriar todo

o recipiente, coe e sirva na taça de preferência já resfriada.

Adicione o espumante e termine aromatizando seu drink torcendo

levemente a casca da laranja para aproveitar todo seu óleo cítrico

*xarope de açúcar (Para 2 partes de açúcar 1 de água.

Leve os ingredientes ao fogo até a diluição total do açúcar e deixe esfriar. Mantenha por até duas semanas, refrigerado e de preferência utilize um açúcar de qualidade.

*Apesar deste suave, cítrico e nobre coquetel levar o nome de um canhão francês de 75 milímetros usado na 1ª guerra mundial, foi e ainda é um dos drinks clássicos mais conhecidos no mundo da coquetelaria. A antiga receita levava um dulçor potente e com o tempo foi se tornando menos doce, mais cítrica, equilibrada, fácil de beber, e ainda mais sofisticada.

“Eu defino este coquetel em duas palavras, “certeiro e expressivo” perfeito para uma nobre celebração!” Bianca Petrillo.

Fitzgerald

Ingredientes

20ml Beg Gin London Dry

25ml Beg Gin Modern & Tropical

10ml de xarope de açúcar 2:1 (ou 2 colheres de chá de açúcar)

30ml Suco de limão siciliano

1 lances de Bitter* de laranja

2 lances de Angustura Bitter

Guarnição: Zest de limão

Copo: Taça coupe resfriada ou copo

Old Fashion com gelão!


Fitzgerald


Preparo: Bata todos os ingredientes exceto as bitters em uma coqueteleira ou um copo com tampa, acrescente muito gelo e bata vigorosamente por alguns segundos. Em seguida coe (dupla coagem) e sirva no copo com gelo ou a taça coupe (fria). De preferência para pedras de gelo grandes no copo, evitando maior diluição do seu drink. Finalize o coquetel com os lances de bitters e com o óleo da casca do limão siciliano, torcendo a pele da fruta levemente para dar aquele toque cítrico final. Chees!

Bitter* Solução alcoólica, de sabor amargo de ervas, raízes, especiarias, cascas de frutas e especiarias.

Dupla Coagem* É uma aneira técnica que utilizamos no bar, mas o objetivo é não deixar nenhum pedacinho de gelo ou bagaço da fruta cair sobre o coquetel.

*Este é um coquetel que denominamos “sour”, da família dos azedos, preparados com a base alcoólica (gin, whisky, pisco...), limão e açúcar. A única diferença do Fitzgerld para um Gin Sour é que ele não leva clara de ovo. Fitzgerald é o nome de um escritor e o coquetel foi criado nos anos 90, por um dos percussores da coquetelaria no mundo, Dale DeGroff. Vale a pena dar uma pesquisada se você quiser aprimorar suas habilidades como “home bartender”, mesmo que seu balcão seja a pia da cozinha. Nestes tempos de isolamento, o que vale é ser feliz!

Buterfly Sour

Ingredientes

50ml Beg Gin Modern & Tropical

10ml de xarope de açúcar 2:1

30ml Suco de limão siciliano

1 de clara de ovo (opcional)*

Guarnição: Flor do Pensamento e pó de machá

Copo: Coupe ou Old Fashion

Preparo: Bata o gin, xarope de açúcar (ou 2 colheres de sopa de açúcar) , o limão e a clara de ovo (ou albumina). Bata vigorosamente, coe e sirva em um copo com gelo . Use a casca do limão para dar aquele toque de perfume cítrico e decore com uma flor comestível e machá em pó ou somente a própria casca de limão. Parece complicado, mas não é! Saúde!

*Uma dica para evitar qualquer cheirinho de ovo indesejável é usar uma casca de limão da mesma forma que finalizamos o drink, torcendo a casca por sobre a coqueteleira ou o recipiente em que vai usar para bater todos os ingredientes. Pode bater com a casca também, mas não esqueça de coar.

**A outra opção usar clara pasteurizada ou uma colher de sopa de albumina (em pó).

Caso usar a albumina, dissolva-a em um recipiente separado até que ela fique homogênea.

Pode-se guardar a solução em uma bisnaga na geladeira para usar em mais drinks com textura, ou seja, com aquela espuminha que todo mundo gosta!

Originalmente, um coquetel “sour” era preparado com açúcar na borda da taça Martini. Os Sours são um dos coquetéis mais tradicionais e old school da história da coquetelaria clássica. Não existia a preocupação com a textura proporcionada pela com clara de ovo. Também não tínhamos o hábito de aromatizar o drink com bitter de especiarias (Angustura Bitter). Hoje, damos preferência para a espuminha que da uma sensação diferente e as gotinhas mágicas que só um bitter faz por um coquetel.


Buterfly Sour


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em Meon Menu

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.