Alunos

Ainda me dói

Confira mais um texto participante do Meon Jovem

Isabella foto

Escrito por Isabella Soares De Almeida

04 DEZ 2023 - 12H17 (Atualizada em 22 FEV 2024 - 18H08)

Divulgação

O silêncio me corrói e por baixo do tapete isso se destrói. Por muito tempo me olhava no espelho sem ter desejo do amor que eu tenho para dar, achando que minha vida seria um erro já que aquele menino eu não queria olhar. Achando que tudo isso causaria rancor, afinal me falavam “na onde duas meninas seriam um puro amor?”

Na escola gritavam “- qual é o seu problema!?”, mas infelizmente eu era só mais um número no sistema, somando aos 73% dos estudantes que essa fala assolou profundamente, essa dor foi tanta que até jorrou sangue e assim 36% dos estudantes foram agredidos fisicamente pelo seu amor que um fim quase os causou.

Tenho muito amor para dar, mas muitas lágrimas isso irá me levar. Enquanto meu pai gritava e minha mãe chorava, eu tentava buscar o sentido do porquê eu supostamente nasci errada. E tenho eu a culpa? Aquela menina o meu coração acertou, tirando toda dor que isso nos levou. Mas, a vovó quase que infartou: “- Logo a princesa da família?” - Eles dizem gritando “- De você, ninguém isso esperou!”

Levo a culpa de: “- Você deveria construir uma família” e eu queria, mas até nosso casamento está na justiça.

Com supervisão de Isabela Sardinha, jornalista do Meon Jovem.





Escrito por
Isabella foto
Isabella Soares De Almeida

1º ano do ensino médio - EEEMI Professora Maria Dolores Veríssimo Madureira - SJC

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Exclusivo | Comissão Pré-Julgadora

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em Alunos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...