Alunos

Poema: Conseguir

Um poema sobre não conquistas

ana carolina

Escrito por Ana Carolina Simões de Araújo

20 JUN 2022 - 11H28

Edvard Munch

Eu não consigo

Eu tento, mas não consigo

Não consigo me ver no espelho

Não consigo me olhar no espelho

Volto me para mim

Para minha trajetória

E só consigo ver que nunca consegui


Nunca fui

Nunca sou

Nunca serei

Não conseguirei


Me vejo fracassar no passado, presente e futuro

Me vejo fadada

Me vejo encurralada

Vejo que perdi muito tempo

Vejo que não dá mais

Tempo

De tentar


Sou fraca

Não persisto

Não consigo


Me mato no olhar

No pensamento

Na escrita

No grito

Na alma

No limbo

Interior vazio


Olho ao meu redor

E vejo o quão diferente sou das outras pessoas

Porque eu sou a que não consegue

Me sufoca

As vozes

Os pensamentos

Me falando que não consigo


Queria acreditar na possibilidade de conseguir

Juro que queria

Mas não consigo


Com supervisão de Yeda Vasconcelos, jornalista do Meon Jovem. 





Escrito por
ana carolina
Ana Carolina Simões de Araújo

3º ano do Ensino Médio - Colégio Embraer Juarez Wanderley - São José dos Campos

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Exclusivo | Comissão Pré-Julgadora

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em Alunos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.