Alunos

Será que algumas obras de Monteiro Lobato tinham cunho racista?

Obras do autor passam por atualização após acusações de racismo

Larissa (Arquivo Pessoal )

Escrito por Larissa Maria de Souza de Oliveira | EM Profª Braga

30 NOV 2020 - 12H54 (Atualizada em 30 NOV 2020 - 15H32)

Captura de Tela 2020-11-30 às 12.59.50

Monteiro Lobato é considerado um dos expoentes da literatura infantil no Brasil numa época em que a literatura não era voltada para os pequenos. Com histórias ambientadas no Sítio do Pica Pau Amarelo, herdado de seu avô, o Visconde de Tremembé, algumas passagens de suas obras são acusadas de racismo. Vale lembrar que esta polêmica não é de hoje.

Passagens como: “Tia Nastácia, esquecida dos seus numerosos reumatismos, trepou, que nem uma macaca de carvão, pelo mastro de São Pedro acima...” estão na mira de muitas pessoas que pedem a modificação dos trechos e até mesmo a supressão das obras.

Vale ressaltar também que com o fim do domínio público de suas obras no ano passado, algumas apareceram com adaptações e com cortes de trechos que eram considerados racistas.

Para os que defendem a obra de Lobato, como a escritora Luciana Sandroni, que publicou uma coletânea com oito histórias do autor numa edição de luxo, não devemos caracterizá-lo como racista, pois sua obra refletia a realidade da época, pois era filho e neto de fazendeiros e presenciou de perto o drama da escravidão.

A escritora também afirma que as pessoas de hoje em dia têm o direito de saber dos acontecimentos daquela época e quando são suprimidos os trechos em que Emília é mal educada e agressiva com Tia Anastácia ou quando o narrador é agressivo também, é eliminada a discussão que Lobato quis trazer à tona, completa a escritora.

Por fim, essa discussão e polêmica estão longe de acabar. Mas o que não pode é deixarmos de repudiar toda e qualquer forma de racismo e intolerância, seja qual for. Pois todas as vidas importam!

Parceria:





Com supervisão de Milena Peres, jornalista da Zan Comunicação, parceira do Grupo Meon.

Escrito por
Larissa (Arquivo Pessoal )
Larissa Maria de Souza de Oliveira | EM Profª Braga

Aluna do 8° ano do Ensino Fundamental II da Escola Municipal Professora Homera da Silva Braga, em São José dos Campos

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Exclusivo | Comissão Pré-Julgadora

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em Alunos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.