Por Conteúdo Estadão Em Brasil

Câmara rejeita destaque do Novo que eliminava regras de transição

A Câmara rejeitou por 394 votos a 9 o destaque nº 5, apresentado pelo Novo. Segundo o deputado Vinícius Poit (Novo-SP), a medida poderia acrescentar R$ 100 bilhões à economia esperada pelo governo de R$ 933,5 bilhões com a reforma. O destaque elimina uma regra criada pelo relator da reforma, Samuel Moreira (PSDB-SP), que prevê que o trabalhador terá que cumprir um pedágio de 100% sobre o tempo que falta para solicitar a aposentadoria. Outras quatro regras serão mantidas caso o destaque seja aceito.

Os deputados devem analisar agora o destaque de nº 3 apresentado pelo PDT. Na fila, ainda há o de nº 8 do PSB e o de nº 9 do PT.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...