Por FolhaPress Em Brasil

Depois de SP, Florianópolis e Osasco são melhores cidades para empreender

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - São Paulo é a cidade que reúne as melhores condições para empreender no Brasil. A conclusão é do Índice de Cidades Empreendedoras, elaborado pela Endeavor em parceria com a Enap (Escola Nacional de Administração Pública) e divulgado nesta quinta-feira (28).

O estudo avalia sete critérios (ambiente regulatório, infraestrutura, mercado, acesso a capital, inovação, capital humano e cultura empreendedora) para descobrir quais são os locais mais propícios para o desenvolvimento de novos negócios. Foram analisadas as cem cidades mais populosas do país.

Florianópolis (SC) e Osasco (SP) aparecem em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

Embora a capital paulista seja a primeira no ranking geral, o estudo também aponta o bom desempenho de cidades do interior. Completam a lista dos dez municípios mais empreendedores Vitória (ES), Brasília (DF), São José dos Campos (SP), São Bernardo do Campo (SP), Jundiaí (SP), Porto Alegre (RS) e Rio de Janeiro (RJ).

Vencedora no ranking geral, São Paulo aparece na primeira colocação de dois dos sete critérios analisados no estudo. Um deles é o acesso a capital financeiro, que envolve, por exemplo, operações de crédito por município.

O segundo é a infraestrutura, que avalia, transporte interurbano, acesso a internet rápida, preço médio do metro quadrado e custo da energia. Nesse critério, 8 das 10 cidades com melhor desempenho estão no estado paulista.

Mas, observando o desempenho nos outros tópicos, se percebe uma descentralização. No tópico ambiente regulatório, por exemplo, no qual são avaliadas questões como tempo de processos, tributação e complexidade burocrática, o topo da lista é ocupado por Macapá (AP).

Cidades do Norte e também do Nordeste se destacam no índice de cultura empreendedora. Esse critério leva em consideração, entre outros itens, a satisfação em empreender, apoio familiar e probabilidade de abertura de negócios.

As 20 primeiras cidades desse ranking são das duas regiões –Porto Velho (RO) aparece em primeiro lugar. Manaus (AM), Rio Branco (AC), Maceió (AL) e Recife (PE) completam as cinco primeiras colocações.

As cidades da região Sul tiveram desempenho melhor no pilar de inovação, ocupando metade das posições. Florianópolis (SC) aparece em primeiro lugar.

Para avaliar os municípios, o estudo analisou a proporção de mestres e doutores em ciência e tecnologia, investimentos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), número de patentes registradas, entre outros critérios.

De acordo com o estudo, aos poucos, portanto, o ambiente de negócios em outras regiões do país está ganhando relevância. “O Índice de Cidades Empreendedoras comprova que existe muito mais vontade de empreender no Brasil do que o que vemos no Sul e Sudeste”, afirma Diogo Costa, presidente da Enap.

Confira a posição das cidades no Índice de Cidades Empreendedoras 2020

Ranking geral

1ª São Paulo

2ª Florianópolis

3ª Osasco

4ª Vitória

5ª Brasília

6ª São José dos Campos

7ª São Bernardo do Campo

8ª Jundiaí

9ª Porto Alegre

10ª Rio de Janeiro

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por FolhaPress, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...