Por FolhaPress Em Brasil

Fiscais de renda de SP se preparam para fazer greve por salário

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os agentes fiscais de renda do estado de São Paulo se preparam para entrar em greve no início de abril. A decisão foi tomada em assembleia geral virtual organizada pelo Sinafresp (sindicato da categoria) na noite desta quinta-feira (11). O grupo diz que está sem reposição salarial há oito anos.

O teto da remuneração dos fiscais de renda de São Paulo gira em torno de R$ 23 mil, que é o patamar do salário do governador.

Além do aumento, Leandro Ferro, diretor do sindicato, afirma que o grupo pede a criação de regras para garantir maior autonomia dos profissionais em relação ao governo estadual.

A mobilização dos fiscais de renda acontece enquanto o governo Doria continua sofrendo pressão de diversos setores por causa dos reajustes deste ano no ICMS. ​

Procurado pela reportagem, o governo estadual afirma que recebeu o Sinafresp em recentes reuniões no final de 2020 para tratar das reivindicações. "Embora a categoria seja uma das mais bem remuneradas do estado, o governo trabalha para encontrar soluções para as demandas desse grupo", diz.

Também afirma que a lei complementar do ano passado que instituiu o enfrentamento ao coronavírus proíbe a concessão de reajustes para servidores públicos até 31 de dezembro de 2021.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por FolhaPress, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...