Por Conteúdo Estadão Em Brasil

Novos empréstimos na China recuam a US$ 150,1 bilhões em julho

Os bancos chineses liberaram 1,06 trilhão de yuans (US$ 150,1 bilhões) em novos empréstimos em julho, segundo dados publicados hoje pelo Banco do Povo da China (PBoC, o BC chinês).

O montante ficou abaixo do valor de 1,66 trilhão de yuans registrado em junho e também aquém da previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, de 1,25 trilhão de yuans em novos empréstimos.

O financiamento social total, uma medida mais ampla do crédito na economia chinesa, recuou de 2,26 trilhões de yuans em junho para 1,01 trilhão de yuans em julho.

Já a base monetária da China (M2) teve acréscimo anual de 8,1% em julho, depois de subir 8,5% em junho. Economistas previam avanço maior no mês passado, de 8,4%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...