Brasil

Saiba quais são os suplementos mais buscados e cuidados ao tomar

Orientação médica e farmacêutica são muito importantes durante a escolha

Escrito por Samantha Pinto

04 FEV 2024 - 12H31 (Atualizada em 04 FEV 2024 - 12H48)

Reprodução

É cada vez mais frequente encontrar relatos nas redes sociais de indivíduos que buscam a suplementação como meio de promover a saúde ou maximizar os resultados de seus treinos.

+ Leia mais notícias do Brasil

+ Receba as notícias pelo Canal do Meon no WhatsApp

Essa tendência é corroborada pelos números do Consulta Remédios (CR), o segundo maior marketplace de produtos farmacêuticos no Brasil, que tem registrado anualmente mais de 1,5 milhões de buscas relacionadas à suplementação.

Rafaela Sarturi, farmacêutica responsável pela CR, destaca que, embora o consumo de suplementos seja geralmente seguro, a preocupação aumenta devido à falta de orientação médica, alertando que a suplementação requer acompanhamento, pois a exposição excessiva a certos elementos pode ser prejudicial.

No ranking dos cinco suplementos mais procurados na CR em 2023, o colágeno lidera, ocupando três posições entre os mais solicitados.

A farmacêutica observa que o colágeno, uma proteína naturalmente presente no corpo, tem sua produção reduzida com o tempo, e o suplemento é buscado principalmente por seus benefícios na pele, como a redução de rugas e o aumento da firmeza. No entanto, a cúrcuma, um suplemento à base da planta conhecido por auxiliar em processos inflamatórios, ocupa o primeiro lugar entre os mais buscados.

Mesmo suplementos aparentemente inofensivos, como cúrcuma e colágeno, exigem atenção na hora da compra. Rafaela destaca a importância de orientação médica ou farmacêutica para escolher o melhor suplemento, considerando a ampla variedade no mercado, desde a forma de administração até a dosagem dos ativos.

Outros produtos complementares alimentares também estão no top 5, sendo utilizados por aqueles que necessitam de complementação vitamínica e proteica via oral ou enteral.

Além disso, a farmacêutica alerta para a necessidade de cuidado devido à diversidade de marcas no mercado. Embora os suplementos alimentares e vitamínicos não exijam receita, a composição varia, e o uso inadequado pode representar riscos à saúde.

Rafaela enfatiza a importância de observar a composição dos suplementos, manter exames atualizados, especialmente os de sangue, e seguir as recomendações de profissionais de saúde.

Ela conclui ressaltando que, com exames e acompanhamento adequados, é possível identificar as reais necessidades do indivíduo e administrar a suplementação correta para beneficiar a imunidade, disposição ou tratar patologias existentes.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Samantha Pinto, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...