Por Conteúdo Estadão Em Brasil

Superávit comercial da China cai para US$ 45,06 bilhões em julho

A China registrou um superávit comercial de US$ 45,06 bilhões em julho, informou nesta quinta-feira a Administração Geral Alfandegária do país, abaixo dos US$ 50,98 bilhões observados no mês anterior, mas, ainda assim, um número maior que o esperado por analistas consultados pelo Wall Street Journal, de US$ 38,7 bilhões.

As exportações chinesas subiram inesperadamente em julho em relação a um ano antes, apesar da intensificação das disputas comerciais com os Estados Unidos que têm danificado a demanda e amargado a confiança.

As vendas externas cresceram 3,3% no conflito com julho de 2018, revertendo uma queda anual de 1,3% em junho. Os economistas esperavam recuo de 2%.

As importações continuaram a ceder, baixando 5,6% anualmente em julho, ainda que de forma menos íngreme que a queda de 7,3% registrada em junho. Para essa linha, os analistas previam declínio de 9%.

O órgão alfandegário informou que, denominadas em yuan, as exportações aumentaram 10,3% anualmente em julho e as importações, 0,4%.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...