Por Conteúdo Estadão Em Noticias

IPCA é o mais elevado para maio desde 1996 e supera teto da meta em 12 meses

A alta de 0,83% registrada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em maio foi o maior resultado para o mês desde 1996, quando subiu 1,22%, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em maio de 2020, o IPCA ficou negativa em 0,38%.

O resultado de maio de 2021 fez a taxa de inflação em 12 meses atingir o maior patamar desde setembro de 2016, quando estava em 8,48%.

A taxa acumulada pelo IPCA em 12 meses acelerou de 6,76% em abril para 8,06% em maio, ante uma meta central de 3,75% perseguida pelo Banco Central este ano, que tem margem de tolerância é de 1,5 ponto porcentual (de 2,25% a 5,25%).

O IPCA em 12 meses está, portanto, bem acima do teto da meta para este ano, que é de 5,25%.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Noticias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.