Por Conteúdo Estadão Em Noticias

Lula cogita ir a ato de rua contra Bolsonaro

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quinta, 17, estar em dúvida se participa ou não das manifestações de rua contra o presidente Jair Bolsonaro marcadas para amanhã em centenas cidades do País. Em mensagem publicada em seu perfil oficial no Twitter, o petista afirmou que sua preocupação é "transformar o ato político em um ato eleitoral".

"Eu ainda não sei se vou na manifestação. Tenho uma preocupação. Não quero transformar um ato político em um ato eleitoral", escreveu. "Não quero os meios de comunicação explorando isso como o Lula se apropriando de uma manifestação convocada pela sociedade brasileira." A mensagem havia sido curtida por 50,5 mil pessoas até a conclusão desta edição.

Em entrevista à Rádio Tribuna do Norte, de Natal, Lula manifestou apoio aos atos. "A sociedade começou a andar. As manifestações vão ocorrer em muitas cidades do Brasil, e isso é uma coisa muito boa, porque significa que a sociedade está acordando", afirmou.

No PT há divergência sobre a participação de Lula. Outras lideranças do partido confirmaram presença, como o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, candidato do PT à Presidência da República em 2018.
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Noticias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.