RMVale

Empresa de São José vai desenvolver lançador de satélites

Projeto receberá um investimento de R$ 185 milhões

Escrito por Meon

14 DEZ 2023 - 16H42

Divulgação

Com sede no Parque de Inovação Tecnológica (PIT) de São José dos Campos, a Akaer firmou contrato com a Finep (empresa pública de fomento vinculada ao governo federal) para a criação de um veículo lançador de pequeno porte destinado a transportar nano e microssatélites para o espaço.

+ Leia mais notícias da RMVale

+ Receba as notícias pelo Canal do Meon no WhatsApp: https://whatsapp.com/channel/0029Va4C1AI3wtbCKopZhZ3E

Ao longo dos próximos três anos, o projeto receberá um investimento total de R$ 185 milhões, representando um dos maiores contratos de subvenção econômica à inovação já celebrados no Brasil, conforme indicado pela empresa. A construção deste veículo lançador marca um significativo avanço para o Brasil, proporcionando maior autonomia no acesso ao espaço, onde apenas 13 países detêm atualmente essa tecnologia. O contrato foi oficialmente anunciado durante uma cerimônia em Brasília na última quarta-feira (13).

O projeto do novo veículo lançador foi selecionado por meio de uma chamada pública do MCTI, onde o Ministério avaliou vários aspectos, incluindo o grau de inovação de cada proposta e seu impacto a médio e longo prazos, levando em consideração o potencial de geração de empregos e a capacidade de internacionalização.

O protótipo planejado do veículo terá a capacidade mínima de transportar cinco quilos de carga útil na órbita equatorial, com as operações de lançamento ocorrendo a partir do território brasileiro.

Cesar Silva, CEO da Akaer, ressaltou a importância do projeto ao destacar que "os nanossatélites e microssatélites movimentaram US$ 2,8 bilhões em 2022, e é esperado que esse mercado alcance US$ 6,7 bilhões até 2027. Além dos ganhos científicos e das possíveis aplicações em diversas áreas, o projeto apoiado pela Finep insere o Brasil em um mercado muito promissor."

A Akaer, com 31 anos de experiência, é especializada no desenvolvimento de tecnologias avançadas para os setores aeroespacial e de defesa, estabelecendo parcerias em mais de 20 países. A empresa tem uma longa trajetória de cooperação com o Programa Espacial Brasileiro, participando de projetos como satélites da família CBERS, AMAZONIA 1 e liderando a transferência de tecnologia do SGDC para o governo brasileiro. Recentemente, a Akaer colaborou no projeto do VCUB1, o primeiro nanossatélite de alto desempenho totalmente brasileiro, em parceria com a Visiona, também localizada no PIT.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...