Por Meon Em RMVale

Flavinho chama deputada de 'mentirosa' em comissão da 'Escola sem Partido'

O deputado é relator do projeto e rebateu colocação da deputada Erika Kokay (PT) de maneira enérgica

flavinho_deputado

Deputado Federal Flavinho (PSC) rebateu colocação da deputada Erika Kokay (PT) sobre o projeto

Reprodução/TVCâmara

 

Nesta terça-feira(13), a comissão especial da Câmara dos Deputados responsável por debater o projeto de lei “Escola Sem Partido” (PL 7180/14) foi suspensa mais uma vez. Houve bate-boca entre os parlamentares na sessão.

O Deputado Flavinho (PSC), relator do projeto na câmara, fazia a leitura do texto e foi interrompido diversas vezes pela deputada Erika Kokay (PT). A deputada afirmava que a lei criminalizaria o professor. Em resposta o Flavinho disse “Me mostre no projeto onde criminaliza o professor. Não seja mentirosa e dissimulada”.

O projeto de lei ‘Escola sem Partido’ teve origem em 2014, foram feitas mais de 20 audiências públicas e teve a discussão na comissão especial adiada pela sexta vez.

Quem defende o projeto afirma que acontece uma doutrinação ideológica principalmente nas universidades federais e que a lei seria uma maneira de combater essa “doutrinação”, sem criminalizar o professor. Já a oposição afirma que a lei é uma maneira de calar e criminalizar a opinião dos professores.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...