RMVale

Governador João Doria anuncia cartão pré-pago do Banco do Povo para apoiar microempreendedores

Ação é opção para auxiliar MEIs que não são correntistas

Escrito por Gabriel Campoy

11 FEV 2021 - 17H14 (Atualizada em 11 FEV 2021 - 19H13)

Governo de SP

O Governador João Doria (PSDB) lançou, nesta quinta-feira (11), no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, o cartão do Banco do Povo. A ferramenta é uma forma de facilitar a movimentação dos empréstimos concedidos à microempreendedores dos municípios conveniados, em especial para os que não possuem conta corrente.

O objetivo do cartão é auxiliar os empreendedores que foram impactados pela pandemia. Ele poderá ser utilizado para compras de insumos em estabelecimentos que aceitem a bandeira Mastercard ou e-commerce. O acesso ao extrato e saldo será de forma online pelo site do Banco do Povo.

Para receber o cartão pré-pago, o empresário deve solicitar uma das linhas de crédito oferecidas pelo órgão. O cartão estará disponível em todas unidades conveniadas do Banco do Povo e será ofertado para todas as opções de crédito para capital de giro e investimento. A aquisição não é obrigatória

As linhas de crédito podem ser solicitadas de forma online pelo site do Banco do Povo ou presencialmente na agência de qualquer município. Serão dois cartões disponibilizados: um para o empreendedor da área urbana e outro para o da área rural.

A primeira linha é para empresários informais e produtores rurais sem CNPJ, com opção de crédito de até R$ 15 mil e taxa de juros de 1% ao mês. O prazo para pagamento é de até 12 meses e carência de até 60 dias para capital de giro. Parai investimento fixo e misto, o prazo é de até 24 meses com até 90 dias de carência.

Já a segunda linha é voltada a empresário com CNPJ. A taxa de juros é de 0,35% ao mês e o limite de crédito é de até R$ 21 mil. O prazo de pagamento é de até 24 meses com carência de até 60 dias para capital de giro. Para investimento fixo e misto, o prazo de pagamento é em até 36 meses com até 90 dias de carência.

Em ambas situações, tanto na primeira quanto na segunda linha de créditos, é necessário o empreendedor realizar um curso de qualificação empreendedora pelo Sebrae-SP, online ou presencial, e não ter restrições creditarias.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Gabriel Campoy, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...