RMVale

Homem é condenado a 10 anos de prisão após tentativa de homicídio em Caraguatatuba

Crime ocorreu em janeiro de 2020, e teve sua sentença foi divulgada na última terça-feira (2)

Escrito por Léo Arruda

05 AGO 2022 - 16H10

Arquivo

Um homem que violou medidas protetivas e tentou matar a ex-companheira em janeiro de 2020, em Caraguatatuba, foi condenado a dez anos e cinco meses de prisão em regime fechado. Ele não poderá recorrer em liberdade. A sentença foi publicada em sessão do Tribunal do Júri realizado na última terça-feira (2).

+Leia mais notícias do Litoral Norte

+Receba as notícias do Meon pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/FZRHExhymUn5bSqNIKqHyG

Os autos do processo apontam que réu e vítima tiveram um relacionamento por 11 anos, período marcado por uma postura abusiva do homem contra a mulher, com agressões físicas e psicológicas. Medidas protetivas em favor da vítima foram concedidas em julho de 2019, envolvendo obrigação do homem se afastar do lar e proibição de contato e de aproximação.

Quando estavam separados há quatro meses, porém, o réu fez com que o filho do casal enviasse mensagens à mãe com o objetivo de armar um encontro para, supostamente, conversar sobre a venda de um imóvel.

As agressões só pararam com a interferência de terceiros. Após o réu fugir do local, a mulher foi atendida e sobreviveu graças à atuação dos profissionais da saúde.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Léo Arruda, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.