Por Meon Em RMVale

Prefeitura de São José assina contrato de R$ 39,3 milhões para implantação do projeto 'Cidade Inteligente'

Serão implantadas 1.000 câmeras e 295 pontos de wi-fi pela cidade

felicio_ramuth_sjc_assina_cidade_inteligente_pmsjc

O prazo para a implementação dos equipamentos é de nove meses

Reprodução/PMSJC

Nesta quinta-feira (28), a Prefeitura de São José dos Campos assinou o contrato de R$ 39,3 milhões para a implantação do projeto ‘Smart City’ que instalará 1.000 câmeras e 295 pontos de wi-fi pela cidade. O prazo para a implementação é de nove meses.

O prefeito de São José, Felicio Ramuth (PSDB), assinou o contrato do projeto Cidade Inteligente (SCaaS – Smart City as a Service) no Paço Municipal. De acordo com o chefe do Executivo, as câmeras que serão instaladas são inteligentes e poderão ser utilizadas na identificação de placas de veículos roubados e detecção facial para identificar procurados da Justiça. Além disso, todas as unidades públicas de saúde e esporte da cidade terão wi-fi.

“Isso vai trazer, com certeza, mais segurança e também qualidade de vida. Se você precisar alugar uma bicicleta, poderá utilizar o wi-fi público por exemplo. [...] É um salto digital no monitoramento da cidade que passa a ter o que tem de mais moderno no mundo para segurança pública”, explica o prefeito.

O CSI joseense (Central de Segurança e Inteligência) terá sede no Parque Tecnológico e conta com um painel de 30 m² com monitores de LED para observação das imagens das câmeras inteligentes. Felicio diz que o prazo para a implantação é de nove meses, mas as primeiras câmeras devem começar a funcionar dentro de três ou quatro meses.

“São nove meses de implantação, a empresa quer trabalhar isso antes. A primeira etapa é a interligação dos prédios públicos e das câmeras. Acredito que nós próximos três ou quatro meses teremos novas câmeras sendo instaladas já com essa tecnologia”, disse o prefeito.

O projeto foi inicialmente orçado em R$ 90 milhões, mas o contrato foi fechado em R$ 39,3 milhões. De acordo com o prefeito, foi elaborado um contrato diferenciado onde a empresa ficou responsável por prestar os serviços de implementação, manutenção e gerenciamento dos equipamentos. Ainda segundo o prefeito, esse tipo especial de negócio gerará uma economia de R$ 500 mil por mês aos cofres públicos.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.