RMVale

Em visita a Pinda, Geraldo Alckmin afirma não estar decidido sobre candidatura ao Governo de São Paulo: "Nada definido"

Em entrevista exclusiva ao Portal Meon, ex-governador falou sobre diversos temas relacionados à RMVale

Escrito por Gabriel Campoy

23 OUT 2021 - 15H30 (Atualizada em 25 OUT 2021 - 08H30)

Giuliano Henri / Portal Meon Geraldo Alckmin em Pinda (Giuliano Henri / Portal Meon)

O ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), esteve em Pindamonhangaba, sua cidade natal, na noite desta sexta-feira (22) para o 1º Encontro de Empresários Pós-Pandemia do Vale do Paraíba. 

Realizado em uma pizzaria nas margens da Rodovia Presidente Dutra, no distrito de Moreira César, o evento contou com diversos nomes de relevância tanto política quanto econômica da RMVale.

Rominho (PSDB), prefeito de Piquete, Bilili (PSDB), vereador de Taubaté e Herivelto Vela (PT) e Nobertinho (PP), vereadores de Pindamonhangaba, foram algumas das autoridades presentes. 

Giuliano Henri / Portal Meon
Giuliano Henri / Portal Meon
Evento com empresários em Pinda contou com a presença do ex-governador Geraldo Alckmin


Inicialmente programado paras 19h, o atraso de Geraldo Alckmin adiou o horário do início do encontro para às 20h. O evento começou com uma apresentação que diplomou diversos pequenos e micro empresários de Pindamonhangaba. 

Em entrevista exclusiva ao Portal Meon, Alckmin falou sobre a economia da região e também sobre sua possível candidatura para as eleições de 2022. "Foi um encontro importante para o Vale do Paraíba, que é uma das melhores regiões do país. É geograficamente privilegiada, possui uma boa infraestrutura e uma economia muito diversificada".

 

Agenda de competitividade

O ex-governador defendeu a criação de uma agenda de competitividade como solução para a economia do país. "O Brasil ficou muito caro, tanto para quem vive aqui quanto para exportação de produtos [...] eu defendo a criação de uma agenda de competitividade para o país voltar a crescer. É necessário realizar uma reforma administrativa, reduzir os impostos, abrir o comércio, simplificar o modelo tributário, fazer mais com menos dinheiro. Isso faria com que o Brasil voltasse a crescer de maneira sustentável."

Ao ser questionado sobre a saída de multinacionais como Ford e LG da região para outros estados, Alckmin disse que "Se um estado tem imposto menor do que o outro, a empresa vai embora. É preciso ter a redução de impostos, realizar investimentos privados".


Possível candidatura ao governo de São Paulo

Sobre sua possível candidatura ao Governo de São Paulo, o ex-governador afirmou que ainda não há nada decidido: "Irei determinar apenas em novembro ou dezembro", destacou. Alckmin ainda elogiou o atual prefeito de São José dos Campos, Felício Ramuth. "Possuo grande admiração pelo Felício. Ele possui um dos melhores quadros do Estado de São Paulo. É um ótimo prefeito, possui um espírito público", afirmou. 

Giuliano Henri / Portal Meon
Giuliano Henri / Portal Meon
Empresário Jeremias Rodrigues e Geraldo Alckmin


Entrevista com empresário Jeremias Rodrigues

Jeremias Rodrigues, empresário do ramo imobiliário e colaborador do Desenvolve Vale, também esteve presente no evento e concedeu entrevista ao Portal Meon.

"A RMVale passou um momento de dificuldade em tempos de pandemia. Foi a única região do Estado que sofreu queda no PIB, principalmente pelas saidas da Ford e da LG. Mas hoje, a situação está voltando à normalidade. O mercado imobiliário passa por um grande momento; o ano de 2020 foi um dos melhores para o setor, sobretudo a partir do mês de abril. Com uma taxa Selic de apenas 2%, os juros ficaram baixíssimos, o que aumentou a procurar por imóveis", destacou de início. 

Ao ser questionado sobre o envolvimento do empresariado com o setor político, Jeremias ressaltou a necessidade de buscar uma posição "longe dos extremos".

"Os extremos nunca são uma boa opção. Precisamos de bom senso, de diálogo, de planejamento, de ouvir o contraditório. É preciso ouvir a todos. É natural que os empresários tenham uma afinidade maior com os políticos que promovem uma atuação menor do estado na economia, e que de mais liberdade para que a população empreenda", afirmou.

Jeremias também falou sobre a atuação econômica do atual governador de São Paulo, João Doria, ao ser questionado se Geraldo Alckmin possui um perfil mais carismático e conciliador para o governo do Estado.

"[Alckmin] não tem dificuldade de viver o presente. O problema de Dória foi exercer uma função com um olhar futuro para se eleger em outro cargo. Ele teve uma grande oportunidade de praticar aquilo que pregava com os empresários. Entretanto, nunca na história de São Paulo teve alguém que atrapalhou tanto o empresariado. Foram ações impensadas, que além da preocupação em preservar vidas, teve como opção atrapalhar a economia com o objetivo de prejudicar o governo federal", finalizou.

Confira as fotos:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Gabriel Campoy, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.