RMVale

Trabalhadores da Ford em Taubaté votam proposta de indenização após fechamento de fábrica

De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos a proposta tem diferentes valores para cada funcionário

Escrito por Fernanda Niquirilo

06 ABR 2021 - 18H00 (Atualizada em 06 ABR 2021 - 22H47)

ford_taubate

Nesta terça-feira (6), funcionários da fábrica da Ford em Taubaté votaram a proposta da empresa de indenização por causa da decisão de encerrar a produção no país, anunciada em janeiro de 2021.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos, a multinacional ofereceu valor mínimo de R$ 130 mil, com adicionais por tempo de trabalho.

No dia 1° de abril, a proposta foi apresentada aos trabalhadores para a votação. Durante a assembleia, houve uma discussão entre os funcionários que se dividiram entre aceitar ou recusar a proposta por conta dos valores propostos.

Desta vez, a votação foi de forma manual, em uma urna na empresa. A votação foi das 8h às 17h.

Veja as propostas

Horistas, aposentados e aposentáveis

-Indenização de dois 2 salários por ano de trabalho, sendo a indenização mínima de R$ 130 mil.

Horistas com restrição médica

-Indenização de dois 2 salários por ano de trabalho, sendo a indenização mínima de R$ 130 mil.

-Adicional de 2 salários de acordo com o tempo de empresa sendo até 10 anos e 11 meses indenização de R$ 300 mil; de 11 a 20 anos R$ 200 mil; acima de 21 anos R$ 150 mil.

Mensalistas

-Um salário por ano trabalhado, sendo indenização mínima de R$ 130 mil.

A nossa equipe procurou a Ford, mas até o momento da publicação da matéria não tivemos retorno.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Fernanda Niquirilo, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.