Por Conteúdo Estadão Em Noticias

Yellen defende política fiscal como instrumento de combate a desigualdades no EUA

A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, defendeu nesta quarta-feira a importância da política fiscal como instrumento de combate às desigualdades socioeconômicas. "É necessária uma grande política fiscal para enfrentar as desigualdades neste país e construir uma economia que funcione para todos", disse, durante evento organizado pela Comissão de Educação e Educação Financeira.

Yellen destacou que, nos EUA, o nível de desemprego entre os negros é duas vezes maior que entre brancos. Segundo ela, a taxa de desemprego entre afro-americanos atingiu pico de 17% - comparado com 9,2% de brancos - na a última recessão e se recupera de forma mais lenta.

"Durante os primeiros dias da pandemia, os afro-americanos foram os primeiros a perder seus pequenos negócios e seus empregos, e vimos os primeiros dados que sugerem que os trabalhadores negros serão os últimos recontratados quando a economia se recuperar", destacou Janet Yellen.

Para a secretária, a educação financeira pode ajudar a atenuar essas discrepância. "Sabemos que os jovens que concluem o ensino médio em estados com requisitos sólidos de educação financeira tendem a ter melhores pontuações de crédito, menos inadimplência e tomar decisões mais informadas sobre o financiamento da faculdade", salientou.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Noticias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.