Pensava eu que a utilização do Coaching era da década de setenta quando Timothy Gallwey publicou o livro O Jogo Interior do Tênis, direcionado para treinadores e atletas de tênis – afinal a palavra coaching significa treinador, em inglês.

Como a abordagem do tema foi tão completa, passaram a usar esse conhecimento em todas as áreas do desempenho e performance humana. Mas vamos fazer uma viagem pela história....no século V antes de Cristo Sócrates já induzia seus interlocutores à reflexão através da Maiêutica.

Dizia que o educador não seria uma fonte de saberes, e sim aquele que ajuda o aluno a gerar sua autonomia. Sendo a mãe de Sócrates parteira, o filósofo dizia que sua mãe fazia parir corpos, e ele praticava o parir de almas, extraindo delas o conhecimento através de perguntas poderosas e sábias. O profissional de Coaching também busca revelar as potencialidades do coachee, através de PPS - Perguntas Poderosas de Sabedorias. Assim como é representado nos mitos gregos, o Coaching se propõe a mostrar um novo mundo para o coachee, libertando-o da ignorância sobre como sentir, pensar e agir para atingir a conquista de suas metas.

Nesse processo, o ser humano passa pelo autoconhecimento e a autorresponsabilidade para o início da ação maciça que irá levar aos resultados desejados. A palavra coach vem do húngaro “Kocsi” que denominava as carruagens por volta do Século XV na vila com o mesmo nome e lugar. Significava algo que promovia mudança e transformação.O termo cocheiro na Idade Média era a pessoa que realizava a mudança no espaço.

Os coaches de hoje promovem a mudança nas mentes dos coachees, conduzindo-os do estado atual para o estado desejado traçando metas e objetivos. No século XIX, eram os tutores e treinadores e, em 1840, na Universidade de Oxford, na Inglaterra, a palavra “Coach” passou a designar o tutor particular de um estudante. Mais de cem anos depois, em 1980 o termo foi usado para treinador esportivo. E assim vai...

No século XX, Carls Rogers e Abraham Maslow criam um sistema de psicologia em que as pessoas tinham como dizer o que pensavam e sentiam a respeito.Na década de 1980 foram fundadas no Reino Unido e Estados Unidos companhias que ofereciam serviços de Coaching para negócios, podendo ser individual ou em grupo.

Na década de 90 Anthony Robbins desenvolveu o conceito de Life Coaching, ganhando reconhecimento mundial com o lançamento de seus best sellers “Desperte seu Gigante Interior” e “ Poder sem Limites”.Ficaríamos aqui horas discorrendo sobre tantos tops como John  Whittier com o livro“Coaching para Performance, Daniel Goleman com seu Best seller “ Inteligência Emocional”. Sem citarmos o brasileiro Paulo Vieira que será assunto de outros artigos. Gratidão, gratidão, gratidão!

vera_parodi_coach

Vera Parodi, colunista Meon

Arquivo pessoal