Por Jesse Nascimento Em Blog e Colunas

Exemplo a ser seguido

Delegacia da mulher em Caçapava vai ser referência para todo o Estado de São Paulo

Hugo Pereira de Castro é daqueles servidores públicos que desejam deixar um legado e fazer a diferença na vida do próximo. O delegado titular de Caçapava chegou à cidade há dois meses e arregaçou as mangas. Ele mostra que é possível fazer parcerias com o setor privado para que os serviços prestados pelo estado sejam de melhor qualidade.

Como parênteses neste contexto, as delegacias em todo o estado estão em uma situação lastimável: abandonadas pelo governo do estado, que é quem deveria zelar pelos prédios. Em Caçapava não é diferente.

Mas voltando ao tema principal, o doutor Hugo conseguiu junto à Farma Conde verba para reformar o prédio anexo à delegacia, onde funcionava o Ciretran. No local, com obras já aceleradas, vai funcionar a Delegacia da Mulher. A inauguração está prevista para o dia 08 de março, data em que se comemora o Dia Internacional da Mulher.

A obra será totalmente bancada pela rede de farmácias. Será mais que uma simples delegacia. Lá a mulher será acolhida e terá atendimento psicológico oferecido pela prefeitura e a ideia é ir além. O doutor Hugo quer treinar e abrir uma porta para a mulher vítima de violência doméstica no mercado de trabalho.

Haverá na delegacia uma espécie de banco do trabalho para às vítimas deste tipo de violência, onde elas receberão qualificação para o mercado de trabalho. O delegado entende que muitas mulheres são dependentes economicamente dos parceiros e, por isso, resistem em viver longe deles, mesmo com as constantes ameaças e violência que são praticadas quase que diariamente.

Caçapava tem, atualmente, cerca de 330 inquéritos relacionados à violência contra a mulher. Deste total, 80% das mulheres têm medidas protetivas concedidas pela justiça contra os ex-parceiros.

A ideia do delegado de Caçapava já repercute e a cidade vai receber da Defensoria Pública a rede de proteção à mulher e à criança vítimas de violência doméstica, que será instalada também na delegacia.

O projeto “Vida Nova”, assim denominado pelo doutor Hugo, tem tudo para ser um sucesso. Que assim seja. E que assim seja também o exemplo para outros servidores e entes privados, porque ninguém faz sucesso sozinho.


Ilustração mostra como deve ficar a nova delegacia


Escrito por
Jesse Colunista
Jesse Nascimento

Jornalista e especialista em gestão da comunicação de mídias digitais pela ESPM

Fez coberturas nacionais e internacionais de eventos pelas rádios Globo e CBN

Repórter e editor de jornalismo na rádio Band Vale FM, do grupo Bandeirantes de Comunicação

Atua no mercado digital como consultor.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em Blog e Colunas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...