Por Conteúdo Estadão Em Brasil & Mundo

Marcelo Melo e Bruno Soares estreiam com vitórias; Wawrinka se vinga em Tóquio

Atuando ao lado de parceiros estrangeiros, os tenistas brasileiros Marcelo Melo e Bruno Soares não tiveram moleza pela frente, mas confirmaram favoritismo nesta quarta-feira ao estrearem com vitórias na chave de duplas do Torneio de Tóquio, ATP 500 realizado em quadras duras na capital japonesa.

Cabeças de chave número 3, Melo e o sul-africano Raven Klaasen superaram o ucraniano Alexandr Dolgopolov e o australiano Bernard Tomic por duplo 7/6, com 7/3 e 8/6 no tie-break. Já Soares e o austríaco Alexander Peya, pré-classificados como quarto maiores favoritos, derrotaram o norte-americano Rajeev Ram e o checo Radek Stepanek por 2 sets a 1, de virada, com 6/7 (2/7), 6/4 e 10/4.

Com os triunfos obtidos em suas respectivas estreias, os brasileiros se garantiram nas quartas de final. Os próximos rivais de Melo e Klaasen serão o filipino Treat Huey e o finlandês Henri Kontinen, que em outro jogo do dia bateram o alemão Andre Begemann e o neozelandês Artem Sitak por 2 sets a 1, de virada, com 5/7, 6/0 e 10/8.

Já os próximos adversários de Soares e Peya foram definidos na terça-feira. Tratam-se dos norte-americanos Steve Johnson e Sam Querrey, que na estreia eliminaram o espanhol Feliciano López e o bielo-russo Max Mirnyi com parciais de 6/4 e 7/6 (7/3).

SIMPLES - Os principais favoritos também garantiram classificação nesta quarta-feira às quartas de final da chave de simples do Torneio de Tóquio. O principal deles foi o suíço Stan Wawrinka, que sofreu um pouco, mas passou pelo japonês Tatsuma Ito por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 2/6 e 6/4.

O triunfo foi uma espécie de vingança para o atual quarto colocado do ranking mundial, que no ano passado foi surpreendido justamente por Ito, hoje o 127º tenista do mundo, na estreia em Tóquio.

O duelo desta quarta foi equilibrado e com cada jogador conquistando três quebras de saque, sendo que o suíço obteve duas delas no último set e isso se tornou decisivo para a vitória que empatou em 1 a 1 o retrospecto de confrontos entre os dois tenistas.

Com a vitória na segunda rodada, Wawrinka se credenciou para enfrentar na próxima fase o vencedor da partida entre o português João Sousa e o norte-americano Austin Krajicek, prevista para acabar apenas nesta quinta-feira (no horário de Brasília). Ainda nesta quarta, em jogo atrasado da primeira rodada, Sousa estreou com vitória ao bater o espanhol Feliciano López por 6/4, 4/6 e 6/1.

Outro que se garantiu nas quartas de final foi o astro da casa Kei Nishikori. Segundo cabeça de chave e atual sexto colocado da ATP, o japonês avançou ao superar o norte-americano Sam Querrey por 7/6 (7/3) e 6/3. Agora ele espera pela definição do ganhador da partida entre o croata Marin Cilic e o norte-americano Steve Johnson. Em outro duelo atrasado da primeira rodada, Cilic abriu campanha nesta quarta em Tóquio superando Donald Young, dos Estados Unidos, com parciais de 7/5, 5/7 e 6/4.

Já o francês Gilles Simon justificou a sua condição de terceiro cabeça de chave ao derrotar o checo Jiri Vesely por 6/4 e 6/2. Assim, também foi às quartas de final e terá como próximo rival o seu xará Gilles Muller, de Luxemburgo, que na segunda rodada passou pelo francês Jeremy Chardy por 7/6 (7/3) e 7/6 (7/5).

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...