Por Fábio Figueira Em Regional

Dia de decisão! São José e Voleisul fazem final da Superliga B de Vôlei

Depois de quase um mês de espera, o São José Vôlei decide neste sábado (12) a final da Superliga B contra o Voleisul/Paquetá (RS). Em casa, no ginásio do Cocta, às 21h30, os joseenses buscam o título e a vaga na elite voleibol brasileiro, além de confirmar uma temporada brilhante.

O São José não perde uma partida desde 1º de fevereiro, diante do Sesi (SP) por 3 sets a 2. Desde então, os joseenses venceram 10 partidas consecutivas e terminaram invictos no returno da competição. Com 29 pontos somados, a equipe do Vale do Paraíba terminou na segunda colocação –atrás do Sada/Contagem (MG). Na semifinal fechou a série contra o Santo André em dois a zero.

O adversário deste sábado ganhou a vaga após decisão da justiça. O STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) decidiu por unânimidade que o Voleisul/Paquetá Esportes (RS) está na decisão, mesmo sendo derrotado pelo Sada/Contagem (MG) na semifinal, já que o time mineiro escalou dois jogadores de forma irregular e foi desclassificado.

Confrontos
Na primeira fase, São José Vôlei e Voleisul/Paquetá se enfrentaram duas vezes, com uma vitória para cada lado. No dia 23 de janeiro, o São José recebeu os gaúchos e foi derrotado por 3 sets a 2. Mas, fora de casa, devolveram o resultado, 3 sets a 2, em Novo Hamburgo.

"Naquela partida, em que perdemos em casa, nosso time ainda estava em fase de ajustes. Hoje estamos mais maduros, mais entrosados. De forma geral, jogar em casa é sempre vantajoso. Nossa torcida vem nos apoiando desde o início do campeonato. A cidade toda está ansiosa por esta partida, pelo título e pela vaga na Superliga. Já o nosso foco é entrar em quadra para vencer, queremos muito o título", disse o técnico Reinaldo Bacilieri, que prevê mais um confronto difícil pela frente.

Distância entre os jogos
O São José esteve em quadra pela última vez no dia 15 de março, pelo segundo jogo da semifinal contra o Santo André, quando venceu por 3 sets a 2 (24/26, 23/21, 14/21, 21/18 e 11/15). Agora, a preocupação de Bacilieri fica quanto a demora para a realização da partida. A final acontece 27 dias depois do último jogo oficial da equipe.

"Não é o ideal, mas essa situação a gente vem acompanhando na Superliga feminina, onde algumas equipes vão demorar 20 dias para jogar a semifinal. Não é um problema isolado para nós, tivemos essa questão do Sada, com jogador irregular, que não era previsto. Mas, vamos pensar pelo lado positivo, ganhamos mais tempo para treinar, estamos trabalhando em função do Voleisul e nos organizando melhor", ressaltou.

Ingressos
Quem não garantiu o ingresso, não poderá acompanhar a partida no ginásio. Os mil ingressos colocados para troca já foram retirados.

A campanha
Turno
16 de janeiro – Sada Contagem 3 x 1 São José Vôlei
18 de janeiro – Olympico 1 x 3 São José Vôlei
23 de janeiro - São José Vôlei 2 x 3 Bento Vôlei
25 de janeiro - São José Vôlei 2 x 3 Voleisul Paquetá
30 de janeiro - São José Vôlei 3 x 1 Santo André
01 de fevereiro – Sesi-SP 3 x 2 São José Vôlei
06 de fevereiro – Rio Claro 1 x 3 São José Vôlei

Returno
08 de fevereiro - São José Vôlei 3 x 2 Rio Claro
13 de fevereiro - São José Vôlei 3 x 0 Sada Contagem
15 de fevereiro - São José Vôlei 3 x 2 Olympico
20 de fevereiro – Bento Vôlei 0 x 3 São José Vôlei
22 de fevereiro – Voleisul Paquetá 2 x 3 São José Vôlei
26 de fevereiro – Santo André 2 x 3 São José Vôlei
28 de fevereiro - São José Vôlei 3 x 1 Sesi-SP

Semifinal
13 de março - São José Vôlei 3 x 1 Santo André
15 de março - Santo André 2 x 3 São José Vôlei

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Fábio Figueira, em Regional

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.